Até o momento, lideram a votação em nove das dez regionais a adequação da quantidade de profissionais nas unidades de saúde.
Foi assim que só na primeira semana da votação final do Fala Curitiba 2022, quase dois mil curitibanos já ajudaram a escolher as prioridades do orçamento da cidade para 2023. As participações aconteceram nos pontos do Fala Móvel, espalhados pelas regionais, e pelo site fala.curitiba.pr.gov.br entre os dias 11 e 15 de julho. A consulta fica aberta até o dia 29 de julho.
Depois dos profissionais nas unidades de saúde, vem as ações de Assistência Social, principalmente no que diz respeito à atenção às pessoas em situação de rua. Os curitibanos também pedem ações voltadas à consultas especializadas de saúde.
Questões relacionadas a atividades físicas, revitalização de ruas, segurança, educação em tempo integral, trânsito e iluminação aparecem empatadas nos votos da população.

Ainda dá tempo
Além dos 40 pontos do Fala Curitiba Móvel e da internet, de 25 a 29 de julho acontecem as dez reuniões presenciais – uma em cada regional.
O presidente do Imap, Alexandre Matschinske, lembra que mesmo quem não participou das etapas anteriores do Fala Curitiba pode e deve fazer parte do processo.