Athletico perde para o Bahia na Ligga Arena

kmc 20240710 211907-gazeta-do-bairro

Reportagem: Fernando Plantes

O Athletico não conseguiu conter a forte equipe do Bahia. No jogo desta quarta-feira (10), na Ligga Arena, o Furacão foi derrotado por 3 a 1 para o tricolor baiano sob o comando de Rogério Ceni.

Apesar dos retornos de Fernandinho e Thiago Heleno, o Athletico buscou dominar o meio-campo, que era um ponto forte dos visitantes. No entanto, o Bahia mantiveram a calma para trocar passes e abriram o placar aos nove minutos com um belo chute de Everaldo. Logo depois, Biel marcou o segundo gol após uma jogada destacada por Rezende. O Athletico tentou reagir com Emerson, Julimar e Christian, mas a pressão e nervosismo da torcida resultaram em erros técnicos e falhas na tomada de decisão.

- Publicidade -

No intervalo o técnico Juca Antonello fez mudanças, substituindo Emerson por Pablo, que estava fazendo seu 300º jogo com a camisa rubro-negra. O segundo tempo foi marcado por pressão do Athletico, com Pablo exigindo uma grande defesa de Marcos Felipe em um chute de fora da área. Aos 15 minutos, Di Yorio marcou de cabeça após cruzamento de Fernando, diminuindo a diferença no placar. O time Rubro-Negro continuou pressionando com Cuello e Zapelli, mas Luciano Juba marcou de falta, desviando em Thiago Heleno, definindo a vitória para o Bahia.

Com essa derrota, o Athletico caiu para a sétima posição na tabela, podendo ser ultrapassado por Fortaleza e Bragantino.

O próximo desafio crucial será no sábado (13), às 18h, quando o Furacão enfrentará o Ypiranga pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. Após perder por 2 a 1 na partida de ida, o time precisa vencer por dois ou mais gols de diferença para avançar às oitavas de final, uma vitória por um gol de vantagem levará a decisão para os pênaltis.

image 4-gazeta-do-bairro

FICHA TÉCNICA

BRASILEIRÃO
1º Turno – 16ª Rodada

ATHLETICO 1×3 BAHIA

- Publicidade -

Athletico
Léo Linck; Léo Godoy (Madson), Thiago Heleno, Gamarra e Fernando; Gabriel (Zapelli), Fernandinho e Christian; Emersonn (Pablo), Julimar (Cuello) e Di Yorio.
Técnico: Juca Antonello (interino)

Bahia
Marcos Felipe; Gilberto (Cicinho), Gabriel Xavier, Kanu e Luciano Juba; Rezende, Jean Lucas (Caio Alexandre), Carlos de Pena (Everton Ribeiro) e Cauly; Everaldo (Ademir) e Biel (Thaciano).
Técnico: Rogério Ceni

Local: Ligga Arena
Renda: R$ 709.145,00
Público total: 23.307

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Fernanda Nandrea Gomes Antunes (MG) e Schumacher Marques Gomes (PB)
VAR: Daiane Muniz (FIFA/SP)

Gols: Everaldo 9 e Biel 14 do 1º; Di Yorio 15 e Luciano Juba 32 do 2º
Cartões amarelos: Fernandinho, Thiago Heleno (CAP); Everaldo, Rezende (BAH)

Compartilhe este artigo