A especialista em recursos humanos e carreiras Aliesh Costa, da Carpediem RH, afirma que muitos candidatos encontram dificuldade diante das entrevistas de emprego online. Confira, a seguir, as melhores estratégias indicadas pela expert para vencer esse desafio e conquistar a tão sonhada vaga

Com a chegada da pandemia da Covid-19, as empresas passaram a realizar processos seletivos digitais, usando aplicativos e ferramentas de videoconferência. Assim, falar diante das câmeras foi algo que se tornou trivial para os candidatos.  Com isso, essas soluções devem ser incorporadas à rotina de quem procura emprego. Segundo a especialista em carreiras e recursos humanos, Aliesh Costa, CEO da Carpediem RH, os candidatos precisam ter consciência de que o processo seletivo online requer os mesmos cuidados que se teria, caso as entrevistas ou dinâmicas acontecessem na sede da organização ou em qualquer ambiente físico.

Para driblar possíveis dificuldades da entrevista digital, segundo Aliesh, a primeira providência é escolher um local apropriado, com iluminação adequada e privacidade. “Crianças chorando, o cachorro latindo, a mãe chamando ou pessoas conversando alto, assim como qualquer barulho que cause ruídos durante a entrevista, devem ser evitados”, alerta a especialista.

Além disso, se o candidato optar por realizar a entrevista pelo celular, é importante que o aparelho esteja sobre um apoio fixo com o enquadramento da imagem perfeito. “O ideal é focalizar o rosto, com a imagem da região peitoral para cima”, indica Aliesh.

A CEO da Carpediem RH conta que, nesses tempos de pandemia, já houve relatos de entrevistas onde o candidato estava de bruços, deitado na cama, com pessoas transitando ou fazendo outras coisas no fundo da imagem. “Houve também gente que caminhava na rua, no momento da videoconferência”, conta. “Essas atitudes não são bem vistas e têm um impacto negativo, o que torna, quase sempre, inviável a continuidade do indivíduo na entrevista, já que impossibilitam a concentração do entrevistado e do selecionador”, explica a CEO.

Para ajudar no processo seletivo online, Aliesh Costa elegeu oito dicas que vão ajudar bastante para quem está buscando uma colocação no mercado. Veja a seguir:

1) Teste seus equipamentos. Isso é crucial porque a entrevista será prejudicada, caso o microfone ou webcam pararem de funcionar exatamente no momento da conversa com o selecionador. O mesmo vale se a conexão do Wi-Fi estiver instável.“O melhor é fazer alguns testes prévios para ter certeza de que os alto-falantes e o microfone irão transmitir o som com qualidade”, explica a especialista. “E o mesmo vale para a câmera, que deve estar com o melhor enquadramento possível”, completa. Além disso, a especialista lembra que é preciso estar familiarizado com os softwares da entrevista, que, normalmente, são Google Meet, Zoom ou Skype. Todos são, hoje, amplamente utilizados.

2) Silencie o ambiente e fique atento ao plano de fundo. O local da entrevista deve ser escolhido com atenção. Qualquer som de fundo deve ser evitado, pois os microfones costumam ser sensíveis. Lembre-se de que, caso haja barulho ou ruídos, o recrutador vai ouvi-los, interferindo muito na qualidade do som da sua fala. “Uma boa dica é não ficar perto de janelas, se a sua rua for movimentada”, aconselha Aliesh. “Tenha em mente que o cenário ideal é uma sala silenciosa”, diz a especialista. “Já o plano de fundo deve ser o mais neutro possível, como uma parede, por exemplo”, explica a CEO da Carpediem RH.

3) Peça a colaboração de todos da casa. Em tempos de home office, é importante comunicar aos familiares sobre o momento da entrevista, para que não haja interferências. “Se todos souberem o horário em que acontecerá a videoconferência, você evitará surpresas e todos poderão colaborar, fazendo silêncio”, explica Aliesh.

4) Fale de modo correto. Nas chamadas online com familiares ou amigos, é muito comum o uso de abreviações e gírias. “Lembre-se, porém, que a entrevista é um evento formal e, como tal, é preciso buscar a clareza e correção no modo de falar”, afirma Aliesh.

5) Cuide do visual. Cada empresa tem seu dress code Escritórios de engenharia e advocacia, por exemplo, vão exigir roupas mais formais. Já nas startups e agências de comunicação, o esporte fino é bem aceito. “O importante é que o candidato esteja vestido de acordo com o estilo da empresa onde ele almeja trabalhar e ao mesmo tempo se sinta confortável. Não é porque a pessoa está do outro lado da tela que não há necessidade de preocupação com o traje”, diz Aliesh. “Asseio e cuidados pessoais são imprescindíveis para causar uma boa impressão”, conclui.

6) Preze pela pontualidade. Em uma reunião presencial, é de bom tom chegar com dez minutos de antecedência. Esta dica também se aplica a entrevistas em vídeo, conforme a especialista. “Esteja sentado na frente do computador alguns minutos antes do horário marcado”, recomenda Aliesh. “Isso é importante porque você poderá demorar um pouco para conseguir acessar o software utilizado ou ter problemas com senhas; então, vale se antecipar para resolver esses desafios com antecedência”, observa ela. “Na hora da entrevista, os imprevistos vão gerar uma tensão desnecessária”, pondera a CEO da Carpediem RH. “O atraso ocasionado por problemas de conexão também tende a ser menos compreensível nos dias de hoje”, acrescenta ela.

7) Preste atenção à linguagem corporal. Seus gestos e expressões podem transmitir muitas coisas sobre quem você é, como pessoa e como possível colaborador de uma organização. “Você pode apresentar uma imagem positiva, certificando-se de que mantém uma postura ereta na sua cadeira, por exemplo”, explica Aliesh. “Apoiar os dois pés no chão e evitar ficar curvado também é interessante”, completa. Outra boa dica, segundo a especialista, é manter as mãos no colo para evitar gestos que possam distrair o entrevistador. “Além disso, o ideal é manter o foco na câmera sempre que possível, especialmente quando você estiver falando”, afirma a expert. Isso vai dar ao recrutador a sensação de que você não é uma pessoa dispersa e que está bastante envolvido na entrevista”, diz Aliesh.

8) Atenção ao estado emocional. Para evitar que a ansiedade tome conta, é interessante realizar um exercício de respiração antes da entrevista. Como dica, a CEO recomenda a técnica a seguir: primeiro, deve-se inspirar o ar em três segundos. Em seguida, é preciso prender o ar também enquanto se conta até três. Feito isso, por fim, basta expirar todo o ar em seis segundos. É recomendado que a pessoa repita estas etapas por no mínimo cinco vezes, para conseguir o efeito calmante. “Este simples exercício ajuda na manutenção do foco e da concentração, além de contribuir para o equilíbrio emocional”, explica Aliesh.

9) Conheça a empresa. É sempre recomendável que o candidato pesquise sobre a organização, no que diz respeito às suas áreas de atuação, produtos, serviços e realizações. Essas informações vão trazer mais segurança durante a entrevista e contribuir para um desempenho mais assertivo e alinhado com as demandas da empresa. “E, consequentemente, fazendo isso, as chances de sucesso serão maiores”, indica a CEO.

Sobre a Carpediem RH: sob o comando da CEO Aliesh Costa e do CFO Marcelo Farias, a Carpediem RH é uma das maiores empresas de RH do país e a consultoria pioneira no processo 100% digital. Com sede em São Paulo e filial em Guarulhos, a empresa dispõe de atendimento em todo o território nacional. A empresa oferece soluções completas em Recursos Humanos e está celebrando 10 anos de existência. Entre os serviços oferecidos estão recrutamento e seleção; gestão de colaboradores temporários, terceirizados, intermitentes e CLT (efetivos); pesquisa de clima e diagnóstico organizacional; avaliação psicológica e de desempenho; processo de integração; desenvolvimento de plano de cargos e salários; recrutamento e seleção de pessoas com deficiência (PCD’s); desenvolvimento e implementação de programas de diversidade e inclusão (D&I); treinamentos nas áreas de carreiras e empreendedorismo; executive search; coaching; hunting e implantação de Recursos Humanos. Saiba mais em: https://www.carpediemconsultoria.com/ Instagram: @consultoriacarpediem