O evento realizado de forma híbrida, presencial e digital, reuniu grandes indústrias e pequenos lojistas em busca de incentivar novas oportunidades de negócios

Com o objetivo de aproximar grandes fornecedores e lojas de materiais de construção, além de incentivar negócios, o Sebrae/PR, em parceria com a Associação dos Comerciantes de Material de Construção (Acomac), realizou o circuito Eixo Indústria de rodadas de negócios entre os dias 23 e 27 de agosto. Os eventos aconteceram no formato híbrido, com a participação de 12 indústrias e mais de 50 lojistas, resultando na estimativa de R$ 1,5 milhão de negócios futuros.

O evento foi realizado estrategicamente de forma presencial em Colombo, Araucária e Curitiba, nos três primeiros dias, para facilitar o acesso de lojistas de municípios próximos. Nas demais datas, por meio de plataforma virtual, com reuniões online, ou visitas agendadas em lojas inscritas.

“O segmento de materiais de construção no Paraná terminou o primeiro semestre de 2021 com números melhores que os do ano passado. Pesquisa realizada pela Fecomércio PR, mostrou que as vendas de lojas de materiais de construção cresceram 32,37% desde o início da pandemia”, analisa a consultora do Sebrae/PR, Adriana Kalinowski.

Além disso, Adriana acredita que a rodada foi um incentivo para que o setor formalize novos negócios e conexões. “Historicamente, o segundo semestre é melhor para o segmento, pois é um período com mais obras e reformas. Assim, o evento foi ideal para os participantes ampliarem seu conhecimento sobre o mercado, o networking e a carteira de clientes”, enfatiza.

Nilson Cardoso Coutinho, empresário do ramo de produtos hidroelétricos em Curitiba, fechou negócios no evento. “O fato de encontrarmos vários fornecedores em um mesmo local faz com que a participação tenha sido proveitosa, principalmente, por conta da correria do dia a dia que vivemos. Além de termos acesso a melhores oportunidades de negociação, condições e preços”, avalia.

Para Thiago Almeida Bronoski, gerente nacional de vendas, essa foi uma das melhores rodadas de negócios que a empresa situada em Fazenda Rio Grande já participou. “Conseguimos fechar negócios com todos os clientes que nos visitaram e também com novos por meio da rodada, que nos propiciou uma aproximação melhor com estes clientes”, afirma.

Elsio Antonio Rodrigues Junior, gerente de uma empresa no ramo de plásticos, tubos, conexões e caixas d’água, acredita que a rodada ajuda no fortalecimento da marca, no relacionamento da indústria com os lojistas revendedores e traz possibilidade de angariar clientes que estão inativos.

“Os resultados sempre aparecem durante e após o evento. Em meio à pandemia, a rodada promoveu boas negociações, tanto para indústria como para o público, que são os lojistas. Em momentos de dificuldades como vivemos, de muitos aumentos e variações de custos, qualquer ajuda pode fazer a diferença”, finaliza.