Durante o VII Seminário Estadual sobre Influenza e outras Doenças Respiratórias Agudas foram discutidas ações no sentido de prevenir a presença da gripe no estado do Paraná. O evento foi também transmitido para todas as 22 Regionais de Saúde atingindo um público de cerca de mil profissionais na área de saúdo de todo o estado.

Abordando questões das áreas de vigilância epidemiológica e laboratorial, vírus respiratórios e vacinação o Seminário contou com a presença do diretor-geral da Secretaria da Saúde, Sezifredo Paz. Para ele “Esse encontro sempre é muito importante para a rede pública de saúde. Neste ano, estamos discutindo atualizações dos processos, nivelando ações nas Regionais de Saúde e instituindo estratégias de prevenção e cuidados com a população”.

Representando a Fiocruz, Paola Cristina Resende Silva, reafirma a importância da parceria com o Laboratório Central do Estado do Paraná – Lacen: “A Fiocruz fica satisfeita com a dinâmica do processo e das equipes. Além disso, esse evento possibilita a troca de informações entre os âmbitos municipais, estaduais e federal. Com isso, homogenizamos as ações e transmitimos, de forma clara a eficiente, os cuidados para a população”.

Com população estimada em 3,2 milhões de paranaenses a campanha tem como público-alvo pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas.