O Ônibus Lilás vai levar informações sobre os tipos de violência contra a mulher para as dez regionais de Curitiba a partir dessa terça-feira (12/3) até 11 de abril (programação abaixo). A iniciativa é alusiva ao Dia Internacional da Mulher (8/3) e pretende alertar a população com relação à violência física, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

As mulheres terão acesso a atendimento psicológico dentro do ônibus, acolhimento de denúncias e orientações sobre os direitos contidos na Lei Maria da Penha, entre outros serviços. O atendimento é gratuito, basta ir ao local.

Segundo a assessora de Políticas para Mulher da Prefeitura, Elenice Malzoni, a informação é imprescindível para prevenção e também para que as mulheres possam sair do ciclo de violência.

“Queremos alertá-las sobre os tipos de violência que possam estar sofrendo sem perceber. É comum acharem que só a violência física é crime, mas todos os tipos de violência podem ser denunciadas”, explica Elenice.

Além das dez regionais, o ônibus estará em outros eventos durante o mês de março: comemoração de 60 anos da PUC-PR (14/3), que terá ações solidárias; na Unidade de Saúde Eucaliptos, durante o Mutirão de Saúde da Mulher (24/3); e na festa de aniversário de Curitiba (31/3), no Parque Barigui.

 

Um alerta sobre os tipos de violência

Violência psicológica: ameaças, manipulação, chantagem ou perseguição. Afeta emocionalmente a vítima, prejudicando a autoestima e o direito de fazer as próprias escolhas.

Violência moral: o ato de caluniar, difamar e injuriar. Ofender a dignidade com xingamentos. Causa constrangimento e humilhação com o objetivo de poder e controle sobre a mulher.

Violência física: é uso de força física para machucar. Empurrões, chutes, tapas, socos.

Violência sexual: ameaças, intimidação, estupro, ou mesmo o impedimento do uso de anticoncepcional. Eles levam a mulher a presenciar, participar ou manter relação sexual não desejada.

Violência patrimonial: danificar, reter ou esconder documentos, dinheiro e objetos da vítima. Violência usada para impedir a mulher de trabalhar fora e de viver como ela quiser, controlando seu dinheiro e patrimônio.

 

 

Programação do Ônibus Lilás

Atendimento das 15h às 18h

 

Regional Pinheirinho – 12/3 (terça-feira)

Rua da Cidadania Pinheirinho – Av. Winston Churchill, 2.033

Regional Matriz- 19/3 (terça-feira)

Rua da Cidadania Matriz – Praça Rui Barbosa, 101

Regional Cajuru – 28/3 (quinta-feira)

Rua da Cidadania Cajuru- Avenida Prefeito Maurício Fruet, 2.150

Regional Portão – 2/4 (terça-feira)  

Rua da Cidadania da Fazendinha – Rua Carlos Klemtz, 1.700

Regional Santa Felicidade – 3/4 (quarta-feira)

Rua da Cidadania Santa Felicidade – Rua Santa Bertila Boscardin, 230

Regional Bairro Novo – 4/4  (quinta-feira)

Clube da Gente – Rua Marcolina Caetana Chaves, 150 – Sítio Cercado

Regional Tatuquara – 5/4 (sexta-feira)

Rua da Cidadania Tatuquara – Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

Regional CIC – 9/4 (terça-feira) 

Parque dos Tropeiros – Rua Manoel Valdomiro de Macedo, 2.460 – loja 3

Regional Boqueirão – 10/4 (quarta-feira)

Terminal do Carmo – Avenida Marechal Floriano Peixoto, s/n

Regional Boa Vista – 11/4 (quinta-feira)

Rua da Cidadania Boa Vista – Avenida Paraná, 3.600


Denuncie
Denuncie pelo telefone 180. A Central de Atendimento à Mulher é um serviço do governo federal gratuito, que funciona 24h por dia, todos os dias do ano.

 

Serviço: Casa da Mulher Brasileira
Local: Avenida Paraná, 870 – Cabral
Horários de atendimento: 24 horas por dia. Todos os dias do ano
Telefone: (41) 3252-1048