Projeto “Hidrotec” contou com a orientação dos professores do Colégio Sesi da CIC

Reutilizar a água da chuva de uma forma inteligente, consciente e sustentável, por meio de uma cisterna automatizada. Esse foi o projeto desenvolvido por três estudantes do Colégio Sesi da CIC de Curitiba. A ideia surgiu após uma discussão realizada em sala de aula sobre a escassez e a má reutilização da água potável no planeta. “Preocupados com uso indevido da água e com o intuito de contribuir para minimizar as crises hídricas que já se encontram em situações extremas, demos início ao projeto Hidrotec, uma cisterna totalmente automatizada que possibilita o gerenciamento da água por um sistema de programação”, conta Amanda de Santana Farias, uma das idealizadoras do projeto. O reservatório é abastecido pela água da chuva através de calhas e dutos do telhado, além da água descartada na lavagem de roupas, possibilitando seu uso para fins não potáveis.

Após o embasamento teórico, os alunos colocaram em prática o projeto desenvolvendo um protótipo da cisterna em uma impressora 3D. Segundo Vinícius Elias de Jesus da Silva, integrante da equipe, a cisterna ficaria na parte externa da casa e o próximo passo é reproduzi-la em tamanho maior. “Toda a água retida poderá ser reutilizada em diversas áreas da casa, como o vaso sanitário e demais atividades como lavar o carro ou a calçada”, acrescenta Jeniffer Gabriel de Moraes, outra participante do projeto.

A professora Solange Guindani Coltro, uma das orientadoras do projeto, destaca o importante papel do Colégio Sesi para o desenvolvimento das habilidades e competências dos estudantes. “Ao buscar uma solução para um problema que faz parte do seu dia a dia, o aluno se torna protagonista da sua história, ele acredita que pode fazer a diferença e faz”, diz. O desenvolvimento de competências é um dos principais pontos trabalhados em sala de aula. “Em nossas oficinas de aprendizagem, adotamos uma metodologia de ensino que proporciona o desenvolvimento de habilidades colaborativas, fazendo com que nossos alunos se tornem mais responsáveis e comprometidos com os estudos, preparando-os para atender de forma plena e eficiente às demandas do mercado de trabalho”, destaca Fabiane Franciscone, Gerente de Educação Básica e Continuada do Sistema Fiep.

SOBRE O COLÉGIO SESI
Em 2020 o Colégio Sesi no Paraná comemora 15 anos transformando a vida de crianças e jovens. São mais de 40 unidades em todo o estado, entre eles, seis são Colégio Sesi Internacional. Fundamentado em metodologias de ensino inovadoras, a instituição conta com oficinas de aprendizagem que possibilitam a imersão do aluno em desafios reais, desenvolvendo habilidades como autonomia, criatividade e trabalho em equipe. O Colégio Sesi também oferece programas voltados ao aperfeiçoamento e progresso dos estudantes, como incentivo à preparação para o ENEM, iniciação científica, atividades extracurriculares e formação profissional, formando cidadãos engajados e preparados para o mercado de trabalho.

SOBRE O SISTEMA FIEP
O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.