Seja com a desculpa do carnaval, com o hábito de descer para as cidades litorâneas do Paraná das pessoas de Curitiba e de várias outras regiões aumenta a circulação de dinheiro e os riscos de golpistas distribuindo notas falsas no comércio.
Redobrar a atenção, é claro, para as notas de maior valor, as mais falsificadas. Detalhes como a marca d’água, tipo de papel, cor, relevos são básicos. “Se o cidadão suspeitar da tentativa de golpe, deve imediatamente acionar a Polícia Militar para que faça a averiguação”, alerta o major César Kamakawa.
Confira os detalhes
verificar a marca d’água contra a luz,
a imagem latente no canto esquerdo da nota e
o símbolo das Armas Nacionais.
Cédulas de R$50,00 e R$100,00 apresentam como marca d’água apenas a figura da República, ou as mais novas a onça pintada e o peixe garoupa.
Cédulas de R$5,00 e R$10,00 apresentam como marca d’água a figura da República ou a Bandeira Nacional.

Tem muito mais detalhes a serem observados. Se tiver intresse acesse:
(www.bcb.gov.br/htms/mecir/seguranca/roteiro.asp?idpai=cedsusp)