Embarcação é o maior porta-contêineres de uso comercial a atracar no Brasil

A TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá,
recebeu na última semana o navio HMM Promise, da Hyundai Merchant Marine.
Essa é a primeira viagem do navio que tem aproximadamente 330 metros de
comprimento e 48,32 de largura, e capacidade para transportar 11 mil TEUs
de carga.

O navio, que faz a costa leste da América do Sul, iniciou a sua viagem na
Coreia do Sul e seguiu em destino a Buenos Aires. “Esse é o primeiro navio
porta-contêineres de uso comercial com capacidade para mais de 11 mil TEUs
e equipado com sistema de depuração. Isso significa que é um navio menos
poluente, uma vez que emite menos enxofre, seguindo a tendência mundial de
preservação ambiental”, explica Mauricio Toti, gerente Comercial da TCP.

O executivo lembra que, por se tratar de um navio de grandes dimensões, a
capacidade da TCP foi determinante para que o navio atracasse em Paranaguá.
“A tendência é que o Brasil receba navios cada vez maiores e escolham
portos que tenham infraestrutura física e operacional para operá-los. A TCP
está pronta para seguir essa tendência”, avalia.

Hoje, o cais da TCP conta com 879 metros e passará por um processo de
ampliação e modernização, ganhando mais 220 metros de berços, totalizando
1.099 metros de extensão. O projeto de expansão, previsto na renovação
antecipada do contrato de arrendamento por mais 25 anos a partir de 2023,
prevê a construção de dolfins exclusivos para a atracação de navios que
fazem o transporte de veículos; e a ampliação da retroárea do terminal, que
hoje conta com 320 mil m2 e que será ampliada para cerca de 477 mil m2.