Inauguração do anexo de raio X médico e odontológico do Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) Sítio Cercado na regional Bairro Novo.

Com a abertura do anexo de raio X médico e odontológico do Centro Municipal de Urgências Médicas (CMUM) Sítio Cercado, a Prefeitura consolidou, no dia 4 de julho, o complexo de unidades descentralizadas de radiografias – a primeira do Brasil a ser interligada online com uma central de laudos.
“É mais um avanço da Prefeitura para garantir um atendimento cada vez mais de qualidade para quem usa a rede pública de saúde”, disse a titular da pasta, Eliane Chomatas, referindo-se a programas inovadores como o Mãe Curitibana (de atenção materno infantil), Mulher de Verdade (de prevenção à violência contra à mulher e anterior à Lei Maria da Penha) e Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente em Situação de Risco para a Violência.
O complexo – Contam com o novo setor os CMUMs Boa Vista, Cajuru, CIC, Boqueirão, Fazendinha e Sítio Cercado. Juntos, eles representam um investimento de R$ 6,5 milhões em recursos próprios e do governo estadual e têm capacidade para fazer 12 mil radiografias médicas e 3 mil odontológicas por mês.
A aposentada Alexandrina Ferreira de Andrade, de 64 anos, gostou da novidade. Frequentadora das atividades para idosos na Unidade de Saúde São João Del Rey, onde também faz acompanhamento médico, diz que não precisará mais ir até os hospitais da região central para fazer a checagem de rotina das condições dos pulmões e da coluna. “Um dia, quando passei mal, fui de ambulância. Se fosse hoje, seria bem mais fácil e rápido”, compara.
Os serviços de Raio X estão interligados à Central de Laudos do Hospital do Idoso Zilda Arns, de onde 12 radiologistas distribuídos em plantões envia laudos para os serviços instalados nos CMUMs (que demandam o exame em caráter de urgência) e unidades básicas (que agendam o Raio X como procedimento eletivo). Cada um tem 173 metros quadrados mobiliados e com aparelhos de diagnóstico por imagem, distribuídos em salas de para Raio X médico, Raio X odontológico, consultório odontológico e espera comum.
Exames – Juntos, os anexos têm capacidade para fazer 15 mil exames por mês. Isso significa um incremento de 30% sobre a oferta atual, já que cada central tem capacidade para fazer 2 mil radiografias médicas (total de 12 mil) e 500 odontológicas (total de 3 mil) por mês. Até então a rede pública vinha fazendo cerca de 50 mil exames desse tipo – sendo 4 mil para a área odontológica – por 29 prestadores de serviços, entre hospitais e clínicas. Oito desses prestadores fazem Raio X odontológico.
A imagem do exame feito nos serviços dos CMUMs é enviada, on line, para a Central de Laudos. Essa central disponobiliza as imagens geradas pelos exames para os médicos e dentistas dos CMUMs (no caso dos exames de urgências) e das unidades básicas (para os agendados). Os laudos são emitidos pelo corpo de médicos radiologistas – 12 profissionais divididos por turnos de trabalho. Os exames de urgência recebem laudo imediato, emitido pelo profissional de plantão, enquanto os demais ficam disponíveis em no máximo uma semana.
Atendimento médico e odontológico – Com o novo serviço, os pacientes em atendimento médico nos CMUMs, em qualquer hora do dia, não precisarão mais ser deslocados até os hospitais conveniados para fazer as radiografias e, novamente, retornar ao serviço. Como todos os procedimentos relacionados ao atendimento acontecerão no mesmo local, o tempo necessário para os médicos fecharem seus diagnósticos diminuirá.