As pessoas que caminham pelo Centro de Curitiba ganharam um novo espaço de descanso e convívio. Uma Vaga Viva – área para o lazer e a convivência de pedestres. O projeto foi pensado e desenvolvido por professores e estudantes da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que desenharam e construíram a estrutura, também conhecida como “parklet”, em madeira plástica. 

“Mais que a estrutura física, a Vaga Viva é importante pelo conceito que representa. É um espaço que aumenta o senso de pertencimento e de compartilhamento do ambiente urbano. Que este seja um exemplo inspirador e que incentive novas parcerias como a estabelecida com a UTFPR”, disse o prefeito Gustavo Fruet.
De acordo com o assessor da Coordenação de Mobilidade Urbana, Jorge Brand, as vagas vivas estão surgindo em cidades de diversos países, onde têm se mostrado um espaço interessante para estimular o convívio urbano.