Campanha Pra Toda Vida – que tem como objetivo identificar precocemente casos de violência e empoderar crianças e adolescentes sobre seus direitos e formas de se proteger – foi uma das iniciativas premiadas na noite dessa quarta-feira, dia 16

 

 

A proteção de meninos e meninas e a garantia dos seus direitos fundamentais está na essência dos trabalhos do Hospital Pequeno Príncipe. E uma de suas iniciativas em prol do público infantojuvenil foi reconhecida na noite dessa quarta-feira, dia 16. A Campanha Pra Toda Vida – A violência não pode marcar o futuro das crianças e adolescentes foi contemplada com o Prêmio Criança 2016, concedido pela Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente a projetos inovadores voltados à Primeira Infância. Esta é a segunda vez que a instituição recebe o prêmio. A primeira foi em 2002, com o Programa Família Participante.

 

Ao todo, 129 projetos, de 72 municípios de dez Estados, foram inscritos. Participaram do processo seletivo 111 organizações sociais e 18 empresas. Dez iniciativas finalistas foram reconhecidas e cinco vencedoras foram anunciadas no evento de premiação, realizado no Teatro Santander, em São Paulo. “Este prêmio é o reconhecimento a um projeto que coopera para enfrentar o problema social da violência; reduzir os casos de maus-tratos, negligência e violência; e fortalecer a rede de apoio”, ressalta a diretora executiva do Hospital, Ety Cristina Forte Carneiro.

 

A campanha busca mobilizar os diversos atores da sociedade contra a violência; capacitar médicos, profissionais da saúde e professores para identificarem precocemente e notificarem casos suspeitos; encorajar os cidadãos para a denúncia; e orientar e empoderar meninos e meninas sobre seus direitos e a autoproteção. “É uma iniciativa de caráter contínuo que, junto à sociedade, tem buscado proteger mais e educar melhor as crianças e adolescentes para a autonomia, vislumbrando um futuro promissor para as novas gerações”, destaca Ety.

 

Em dez anos consecutivos de execução, diversas ferramentas já foram utilizadas com o intuito de alertar e mobilizar a comunidade em geral. Como site da campanha; e-mails marketing; posts para redes sociais; manuais para profissionais das áreas da saúde e da educação; livros de poesia sobre reconhecimento de situações de risco e importância do autocuidado; e palestras e eventos de formação para profissionais e estudantes do setor da saúde, professores e representantes da sociedade civil.

 

Para a realização dessas ações, o Pequeno Príncipe já contou com diversos parceiros, como Ecovia; Universidade Positivo; secretarias estaduais e municipais da Educação e da Saúde; Rede Auto Park; Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep); Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (Aerp); Shopping Mueller; Shopping Curitiba; e Itaipu Binacional.

 

Pioneirismo

O Hospital Pequeno Príncipe é referência no enfrentamento à violência infantojuvenil. Na década de 1970, a instituição iniciou as atividades integradas de atenção a crianças e adolescentes vítimas de negligência, maus-tratos e violência. Em 2002, passou a integrar a Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente e tornou-se, assim, hospital-referência para o encaminhamento de casos suspeitos de violência. Já em 2006, as ações de mobilização e conscientização sobre o tema foram formalizadas por meio da Campanha Pra Toda Vida e ganharam novo fôlego.

 

Vencedores do Prêmio Criança 2016

O Prêmio Criança foi criado em 1989 e reconhece projetos voltados à Primeira Infância, período que vai da gestação até os seis anos de idade. Confira os vencedores da edição de 2016:

Hospital Pequeno Príncipe: Campanha Pra Toda Vida – A violência não pode marcar o futuro das crianças e adolescentes

Grupo Boticário: Da gestação ao desenvolvimento: a beleza que o Grupo Boticário faz pelas crianças

Casa da Criança Armanda Malvina de Mendonça: Programa Educação Integral para a Primeira Infância

Projeto Arrastão: A Descoberta da Língua Escrita

Tá.Na.Hora Saúde Digital: Programa SMS Bebê: do início da gestação até 1.000 dias do bebê.

 

Informações para a imprensa:

Camila Mendes – (41) 3310-1437[email protected]

Samara Macedo – (41) 9642-8100 – [email protected]