O motorista parou o carro no posto de gasolina para abastecer o carro à noite, numa estrada deserta, foi atendido pelo único frentista que foi logo dizendo:

-Que sorte o senhor é o último cliente que vai pagar preço velho no combustível, o motorista então mandou que completasse o tanque. Na saída o cliente pergunta:

– Subiu muito? E o frentista respondeu:  -não, baixou o preço.