Um velho problema de congestionamento de trânsito na travessia do Contorno Sul deve ser solucionado com a implantação de uma rotatória, mais obras de correção na Estrada do Ganchinho, graças a intervenção da prefeitura e a disponibilidade da Rede Condor bancou todos os custos do serviço que foi acompanhado de perto pela Concessionária Arteris Litoral Sul e o projeto tem a aprovação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
Reorganizando a circulação viária no local a obra de melhorar a fluidez e segurança no trânsito que era muito complicado no local. Na verdade, a obra fica no cruzamento com a Rua Antônio Augusto de Brito, no trecho junto à Rua Helena Grodski.um trecho muito importante para toda a região, uma vez que liga o Umbará ao Sítio Cercado e é importante também para quem se desloca para o CT do Atlético, a Central de Abastecimento do Condor, com como importante acesso à Ceasa
“Conforme o dia e o horário, nossos caminhões levavam 20 minutos para percorrer 300 metros. Quando um caminhão quebrava no sinal, parava tudo na marginal”, conta Adriano Riwas, empreendedor na região há nove anos, dono de uma oficina mecânica e transportadora, a Hyva Oficina.
Segundo o administrador da Regional Bairro Novo, Fernando Wernek Bonfim, a população esperava alguma intervenção há muito tempo. “Nós recebíamos cerca de 50 solicitações semanais por conta desse semáforo. Com essa obra, nós resolvemos um problema de 20 anos”.
O prefeito Rafael Greca esteve no cruzamento onde a rotatória foi implantada na tarde da quinta-feira dia 20 de janeiro, onde pode assistir um motorista que passou de carro comemorando a obra.