Curitiba, 30 de abril de 2010

Boa Tarde!
Meu nome é Rafael e conheço bastante a realidade dos Bairros do Pinheirinho e Capão Raso e gostaria de sugerir, que se fizesse uma matéria sobre: A Falta de um Atendimento Bancário Decente no bairro do Pinheirinho, pois vocês estão se perguntando o que gostaria de dizer, não é?
O que quero dizer é: Precisamos de uma Agência do Banco do Nosso País, agência do Banco do BRASIL, pois esse Bairro tão promissor e com esse comércio fantástico, com tantas lojas, empresas e tantas pessoas de bem. Porque tantos correspondentes bancários que não são do Banco do Brasil, pergunto. Porquê não se tem uma Agência ou Posto de Atendimento do Banco do Brasil na Avenida Winston Churchill, que é a avenida mais movimentada dessa região e talvez uma das mais movimentadas da região sul da cidade? Digo: Nós não temos que ir até os Militares, eles que venham ao encontro de nós, a população, não é verdade? O Quartel está a serviço da sociedade ou a sociedade está a serviço do quartel?
Sugestões:
Não se pode ter uma agência, então tenha um posto de atendimento;
Um posto do Banco do Brasil na Rua da Cidadania. Porquê tem do Santander? que não é de nosso país?
Um posto então nos mercados da região, porque não aproveitar a reforma e implantar um posto ou uma agência?
Só temos uma máquina velha no Condor, que sempre dá problemas e não faz tudo que precisamos, até quando o povo do Pinheirinho vai PELEJAR?
Até quando ficaremos clamando por um atendimento do Banco de nosso país, sendo esse Bairro tão importante, com um comércio fantástico, uma economia promissora, forte e organizada, pois tem até uma Associação Comercial? Tem bastante liderança política, vereadores e deputados, enfim vários representantes, será que estão a nos representar?