Além do primeiro lugar geral, Curitiba recebeu ainda o prêmio de Melhor Cidade de Grande Porte (acima de 200 mil habitantes) e Melhor Cidade no quesito Mercado de Trabalho.

O prefeito Gustavo Fruet recebeu, na noite do dia 17 de setembro, na cidade de São Paulo, o prêmio de Melhor Cidade do Brasil, atribuído a Curitiba em estudo que analisou 5.565 municípios (apenas cinco cidades do País ficaram fora do estudo). A iniciativa da Agência Classificadora Austin Ratings e da Revista IstoÉ avaliou 212 indicadores relacionados às áreas social, econômica, fiscal e digital, com foco na igualdade das oportunidades entre os habitantes das cidades.
“Curitiba se sente honrada por ser considerada a melhor cidade do Brasil. O resultado do estudo confirma o sucesso das nossas políticas públicas. A premiação nos motiva a seguir em frente na construção de uma cidade mais humana”, afirmou o prefeito ao receber os três prêmios.

Mais humana
Ao receber a premiação, o prefeito Gustavo Fruet destacou ainda iniciativas em diversas áreas que estão melhorando indicadores e ampliando a oferta de serviços públicos.
“Nosso plano de governo é norteado pelo conceito da Curitiba mais humana, com inclusão social, oportunidades e investimentos em infraestrutura para construção da cidade inteligente”, explicou.
Na educação, Fruet lembrou que hoje Curitiba tem cinco escolas públicas municipais entre as 15 melhores do País na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Em 2016, Curitiba elevará a 30% os investimentos em educação – maior percentual e valores da história.
O prefeito apresentou o programa Nossa Feira, que oferece mais de 30 variedades de frutas e verduras a preço único de R$ 1,79 o quilo, gerando economia de até 40% para a população.
Na área social, Fruet destacou o Consultório na Rua, que hoje oferece atendimento médico e odontológico a moradores de rua; e o Condomínio Social, que oferece moradia a pessoas em situação de vulnerabilidade social até que consigam se reinserir no mercado de trabalho e arcar com a própria moradiaO prefeito apresentou ainda o semáforo inteligente, que permite que idosos e pessoas com mobilidade reduzida possam ampliar, a partir da aproximação do cartão transporte num leitor, o tempo para travessia de ruas nos cruzamentos mais perigosos.

Inclusão e investimentos
Fruet anunciou ainda que nos próximos dias serão inaugurados os primeiros brinquedos para crianças com deficiência em parques e praças da capital paranaense: “Curitiba tem mais de mil parques e praças. Ninguém nunca tinha pensado em instalar estes brinquedos adaptados. Na cidade mais humana, crianças com deficiência também têm direito de brincar e ser feliz”.
Para finalizar, o prefeito destacou que hoje Curitiba tem o menor índice de mortalidade infantil da história. “Ao longo do mandato, já investimos mais de R$ 1 bilhão em grandes intervenções e novos investimentos já estão garantidos. Porém, temos a preocupação de garantir um legado imaterial para a cidade, que passa pela educação, pelo cuidado com as pessoas, valorização dos servidores e oferta de oportunidades. Mais uma vez, agradeço em nome da nossa cidade por essa premiação, que nos estimula a seguir em frente”.

Metodologia
A Austin Rating desenvolveu o Índice de Inclusão Social e Digital (IISD), que analisa 212 indicadores relacionados às áreas social, econômica, fiscal e digital e permite hierarquizar as cidades com foco na igualdade das oportunidades entre seus habitantes.