Com a volta das aulas presenciais acontecendo em todo o Brasil, instituições de ensino e cursos preparatórios já estão se organizando para receber um grande número de inscrições nos próximos meses, uma vez que o interesse pelas pessoas em prestar vestibulares e, principalmente, concursos públicos tendem a aumentar ao longo do ano.

Esta é na verdade uma constatação em função de pesquisa feita pelo Facebook em parceria com a consultoria Nielsen, realizada em julho de 2021, com mais de 400 entrevistados, para entender como estão suas pretensões em relação ao emprego em 2022.

O resultado mostra que 70% estudam ou pretendem estudar para concursos públicos neste ano. Isso porque, diante da perspectiva de vários exames previstos, milhões de pessoas têm considerado o serviço público uma saída para encontrar emprego na crise atual. Estima-se que 50% dos concurseiros no país são jovens de 18 a 35 anos.

Os concursos de nível médio, que concentram, em sua maioria, as áreas da Segurança Pública, Administração e Saúde, representam o maior interesse da classe C. As classes A e B, por sua vez, preferem concorrer por cargos onde o Ensino Superior é um critério de elegibilidade dos exames.

Não à toa, alguns cursos preparatórios estão se antecipando para receber essa demanda. Hoje na verdade estes cursos são indispensáveis para ampliar as possibilidades e ingresso neste tipo de emprego.