Como as práticas ESG podem impactar seu negócio? Saiba mais.

/*! elementor - v3.10.0 - 09-01-2023 */
.elementor-heading-title{padding:0;margin:0;line-height:1}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title[class*=elementor-size-]>a{color:inherit;font-size:inherit;line-height:inherit}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title.elementor-size-small{font-size:15px}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title.elementor-size-medium{font-size:19px}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title.elementor-size-large{font-size:29px}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title.elementor-size-xl{font-size:39px}.elementor-widget-heading .elementor-heading-title.elementor-size-xxl{font-size:59px}O que é ESG e como essas práticas impactam o seu negócio? 



ESG é um conjunto de critérios que avalia o impacto social, ambiental e de governança das empresas. Saiba como isso afeta o seu negócio.  






Carina Dragone





8 maio
|
Leitura: 5min 





/*! elementor - v3.10.0 - 09-01-2023 */
.elementor-widget-image{text-align:center}.elementor-widget-image a{display:inline-block}.elementor-widget-image a img[src$=".svg"]{width:48px}.elementor-widget-image img{vertical-align:middle;display:inline-block} 















Entender o que é ESG e seus impactos nas empresas atualmente é fundamental para o negócio que deseja crescer e se fortalecer perante seus stakeholders. Suas diretrizes visam a boa prática ambiental, social e de governança corporativa.
Além disso, traz reflexos consideráveis no crescimento de receita, redução de custos, minimização de intervenções regulatórias e legais, aumento da produtividade dos funcionários e otimização de investimentos e gastos de capital. Se interessou e deseja saber mais? Então, continue lendo o post para aprender mais sobre o assunto.
 




Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo






Não se preocupe, não fazemos spam.



O que são as práticas ESG?
Você já ouviu falar nas palavras Environmental, Social and Governance (ESG), em inglês? Elas significam, as melhores práticas ambientais, sociais e de governança que orientam a sustentabilidade empresarial. Tem o objetivo da responsabilidade com o meio ambiente e com todos os colaboradores, mediante ações práticas que favorecem a organização. Outros impactos das práticas ESG em um negócio, são:
crescimento de receita;redução de custos;minimização de intervenções regulatórias e legais;aumento da produtividade dos funcionários;otimização de investimento e gastos de capital.
Quais são os 3 pilares ESG?
Para participar de uma economia sustentável, é preciso mudar a forma de gestão das empresas. De forma que os critérios de ESG influenciem a sustentabilidade e o impacto ético de investimento em um negócio ou empresa. Sendo assim, confira como as boas práticas de ESG estão relacionadas.
Ambiental
O pilar ambiental refere-se a práticas e princípios adotados na empresa para a conservação do meio ambiente. Entre elas podemos citar:
busca por alternativas sustentáveis para a redução do impacto na natureza;redução na emissão de poluentes;boas condutas com embalagens, geração, cuidado e descarte de plásticos e outros materiais;gerenciamento correto do descarte de lixo.
Além disso, o pilar ambiental pode também se estender ao controle exercido pela empresa em terras que possui, se há ações para melhorar e preservar a biodiversidade, por exemplo.
Social
O pilar social se refere à relação que a empresa tem com as pessoas a sua volta. Podemos destacar algumas práticas sociais:
adesão aos direitos trabalhistas;valorização da saúde e segurança no ambiente laboral;apoio à diversidade e inclusão;posicionamento da empresa em causas e projetos sociais;atuação com a comunidade.
Nesse quesito há o envolvimento quanto ao cuidado com os stakeholders da empresa, como clientes, fornecedores, parceiros e investidores, procurando atender às suas expectativas e necessidades.
Governança
Já o pilar de governança é a maneira como a empresa realiza a gestão dos seus processos, baseado na transparência. Abaixo, algumas práticas de governança:
adoção de políticas para o controle dos processos;comportamento e política institucional relacionados às práticas anticorrupção, lavagem de dinheiro e trabalho escravo, por exemplo;transparência na política de remuneração dos diretores;valores, postura moral e ética nos negócios;valorização da prestação de contas e da responsabilidade corporativa;veracidade das informações de produtos e processos da empresa.
Inclusive, implica em ter uma liderança comprometida com os princípios ESG e capacidade de engajar com os colaboradores nessa direção.
Como ESG pode beneficiar um negócio?
O ESG tem atraído empresas visto as mudanças de comportamento dos consumidores que desejam comprar produtos oriundos de negócios éticos, comprometidos com o meio ambiente, transparente, com valores e outros atributos de boa gestão. Logo, essa política traz diversos benefícios como os que você lerá a seguir.
Redução de custos
As práticas ESG auxiliam na redução dos custos operacionais da organização. Visto que, ao adotar medidas de eficiência energética, gestão de resíduos, reciclagem e reaproveitamento de materiais se reduz os gastos com energia elétrica, água, combustível, matéria-prima e descarte.
Segurança para investidores
Um dos impactos positivos dessa ação é aumentar a confiança dos investidores na empresa, pois demonstram que ela está atenta aos riscos ambientais, sociais e legais que podem afetar o seu desempenho financeiro. Inclusive, pode atrair investidores que buscam apoiar negócios sustentáveis e alinhados aos seus valores.
Sustentabilidade
Contribui para a sustentabilidade do negócio no longo prazo, porque permite que se adapte às mudanças climáticas, às demandas sociais e às regulamentações vigentes. Ao adotar uma postura proativa e responsável em relação ao meio ambiente e à sociedade, a empresa garante a sua perenidade e competitividade no mercado.
Diversidade e inclusão no ambiente corporativo
Mais um benefício é promover mais diversidade e inclusão no ambiente corporativo, ao valorizar as diferenças entre os colaboradores e criar um clima organizacional mais harmonioso e respeitoso.
Isso melhora o engajamento, a motivação, a criatividade e a produtividade dos funcionários, sobretudo diminuindo o turnover e o absenteísmo.
Competitividade
Mais uma vantagem é o aumento da competitividade da empresa no mercado, ao melhorar a sua imagem e reputação perante os consumidores, os fornecedores, os parceiros e os órgãos reguladores. Essa preocupação com questões ambientais, sociais e de governança, permite a diferenciação entre os concorrentes e fidelização dos clientes que valorizam o consumo consciente.
Enfim, o ESG nas empresas desempenha um papel crucial na atualidade, impulsionando a sustentabilidade e o impacto ético dos negócios. Com seus 3 pilares – ambiental, social e de governança –, proporciona benefícios para as organizações.
Ao adotar essas medidas para a preservação do meio ambiente, respeito aos direitos trabalhistas, transparência na gestão e outras práticas responsáveis, as organizações podem experimentam muitos resultados positivos.
Veja a seguir alguns deles: a redução de custos operacionais, o aumento da confiança dos investidores, a garantia de sustentabilidade a longo prazo, a promoção da diversidade e inclusão no ambiente corporativo e melhoria da competitividade no mercado.
Portanto, sua implementação não apenas fortalece a imagem dos negócios, mas também contribui para a construção de um mundo mais sustentável, ético e melhor.
Você quer aumentar o impacto social e ambiental da sua empresa? Então, você precisa conhecer a plataforma WriterAccess, que conecta você com profissionais freelancers qualificados que podem escrever sobre ESG para o seu negócio e sobre outros inúmeros conteúdos. Faça seu teste gratuito por 14 dias no WriterAccess!

















.rock-share-post{display:flex;flex-direction:column;align-items:center;color:#a0abc0}.rock-share-post__text{font-size:14px;margin:0 0 8px 0}.rock-share-post__icon{padding:8px;background:#edf1f7;border-radius:12px;margin:0 0 8px 0;display:flex;justify-content:center;width:36px;height:36px;align-items:center;cursor:pointer}.rock-share-post__icon:hover{background:#e5e9f0}.rock-share-post__icon-link{margin:auto}@media only screen and (max-width:768px){.rock-share-post{flex-direction:row;justify-content:space-evenly;}}


Compartilhe 


facebook

 



linkedin
 



twitter

 



mail 










.rock-author-box{background:#e2e7f0;padding:32px;border-radius:12px;width:100%;max-width:700px;margin:0 auto;display:flex}.rock-author-box__image{flex-basis:20%;display:flex;align-items:center}.rock-author-box__image-wrapper{margin:0 0 0 -85px;position:relative}.rock-author-box__image-wrapper>.avatar{border-radius:90px!important}.rock-author-box__image-base{position:absolute;top:0;left:0;bottom:0;margin:auto}.rock-author-box__content{flex-basis:80%;margin:auto 0}.rock-author-box__content-tag{color:#677389;font-size:16px;line-height:24px;font-weight:400}.rock-author-box__content-name{font-size:36px;line-height:46px;font-weight:700;color:#171923}.rock-author-box__content-bio{font-size:16px;line-height:24px;font-weight:400;color:#4a5568}.rock-author-box__content-icons{margin:12px 0 0 0;display:flex}.rock-author-box__content-social-icon{margin:0 5px 0 0;background:#f7fafd;border-radius:12px;padding:8px 8px 8px 8px;width:36px;height:36px;display:flex;justify-content:center;align-items:center;cursor:pointer}.rock-author-box__content-social-icon:hover{background:#ebf0f5}.rock-author-box__content-tag{flex-basis:100%}.rock-author-box__content-contributors{display:flex;margin:30px 0 0 0;flex-wrap:wrap}.rock-author-box__content-author{flex-basis:33%;margin:6px 5px 0 0;display:flex;align-items:center}.rock-author-box__contributor-image{flex-basis:20%;display:flex;align-items:center;margin:0 5px 0 0}.rock-author-box__contributor-image>img{border-radius:30px!important}.rock-author-box__contributor-content{flex-basis:80%}.rock-author-box__contributor-name{color:#171923;font-size:16px;line-height:24px;font-weight:700}.rock-author-box__contributor-office{font-size:14px;line-height:16px;font-weight:400;color:#677389}@media only screen and (max-width:768px){.rock-author-box{flex-wrap:wrap}.rock-author-box__content,.rock-author-box__image{flex-basis:100%}.rock-author-box__content-author{flex-basis:100%;margin:6px 0 0 0}.rock-author-box__image-wrapper{margin:0 auto 20px auto}.rock-author-box__contributor-image{flex-basis:15%}}



 











Author

Carina Dragone










/*! elementor - v3.10.0 - 09-01-2023 */
body.elementor-page .elementor-widget-menu-anchor{margin-bottom:0}

O ESG (Environmental, Social and Governance) é um conjunto de práticas ambientais, sociais e de governança corporativa que visam a sustentabilidade empresarial. Essas diretrizes trazem reflexos positivos no crescimento de receita, redução de custos, minimização de intervenções regulatórias e legais, aumento da produtividade dos funcionários e otimização de investimentos e gastos de capital.

O pilar ambiental refere-se a práticas e princípios adotados na empresa para a conservação do meio ambiente. Já o pilar social se refere à relação que a empresa tem com as pessoas a sua volta, enquanto o pilar de governança é a maneira como a empresa realiza a gestão dos seus processos, baseado na transparência.

As práticas ESG auxiliam na redução dos custos operacionais da organização, aumentam a confiança dos investidores na empresa, contribuem para a sustentabilidade do negócio no longo prazo, promovem mais diversidade e inclusão no ambiente corporativo e melhoram a competitividade da empresa no mercado.

Em resumo, o ESG é fundamental para o negócio que deseja crescer e se fortalecer perante seus stakeholders, proporcionando benefícios para as organizações e contribuindo para a construção de um mundo mais sustentável, ético e melhor. Conheça mais sobre o assunto e implemente essas práticas em sua empresa para experimentar os resultados positivos.

Acompanhe mais dicas de Gestão e Liderança aqui na gazetadobairro

Compartilhe este artigo

WhatsApp

Sair da versão mobile