Desde quarta-feira (29/4), a Fundação de Ação Social (FAS) voltou a atender os trabalhadores de forma presencial em seis unidades municipais do Sistema Nacional de Emprego (Sines). O atendimento será exclusivamente para as pessoas que precisam habilitar o seguro-desemprego e com agendamento prévio feito no site da Prefeitura.

Em função da pandemia do novo coronavírus e para evitar aglomerações, desde o dia 23 de março, o atendimento presencial nos postos estava suspenso. Os trabalhadores vinham sendo orientados por e-mail, já que todos os serviços podem ser acessados por aplicativos, na internet.

“Neste período de dificuldade precisamos auxiliar a população e é isso que estamos fazendo. O momento é difícil na economia e a prefeitura está fazendo sua parte”. Disse Rafael Greca, Prefeito de Curitiba.

O atendimento presencial volta a ser feito nas unidades Bairro Novo, Boqueirão, Cajuru, Fazendinha, Matriz e Tatuquara que poderão receber trabalhadores das dez regionais da cidade.

Serviços pela internet

O presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, destaca que os trabalhadores podem ainda solicitar o seguro-desemprego pela internet, usando o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, do Governo Federal. “Em casos de dúvida, as pessoas podem também entrar em contato pelo email  [email protected], canal aberto pela FAS para orientar quem precisa dos nossos serviços”, explica.

Quem preferir ir pessoalmente a uma unidade deverá agendar atendimento no link https://www.curitiba.pr.gov.br/servicos/seguro-desemprego-solicitacao/156. A agenda fica disponível de segunda-feira a sexta-feira, a partir das 8h30. O atendimento nas unidades será das 8h às 17h.

O serviço de busca de vagas de emprego continua sendo feito pelo aplicativo Sine Fácil.

Cuidados

Para evitar aglomeração e prevenir a contaminação pelo novo coronavírus, somente o trabalhador com horário agendado poderá acessar o guichê de atendimento. Não serão permitidos acompanhantes. Como o atendimento será feito por agendamento, não deverão ocorrer filas.

Para aumentar a segurança, todos os servidores receberão kits com equipamentos de proteção individual (EPIs), contendo máscaras laváveis, máscara-escudo facial, luvas, álcool em gel e líquido. Ninguém estará autorizado a trabalhar sem os equipamentos de segurança.

As pessoas que forem até as unidades municipais do Sine também deverão usar máscara, acessório de proteção exigido em locais públicos. Todas receberão álcool em gel para higienização das mãos, antes de entrarem nas unidades.