Trincheira fechada leva o caos ao Pinheirinho   A tão esperada retomada das obras da Linha Verde está deixando a população em polvorosa. Segundo a prefeitura, durante o tempo mínimo de 8 meses a trincheira antiga ficará dechada, desviando todo o trânsito de veículos e ônibus para a trincheira nova. Se hoje os congestionamentos nos dois sentidos já são enormes, imagine o que acontecerá agora. A prefeitura deveria ter discutido com a comunidade a possibilidade de outra alterativa. O simples desvio vai gerar transtornos que não foram devidamente dimensionados pelos técnicos. Segundo a prefeitura, o desvio do trânsito inicia nesta, amanhã, dia 15, e é necessário para obras de alargamento da trincheira, que devem durar 8 meses. O desvio também valerá para 41 linhas de ônibus. A construção da Linha Verde Sul foi retomada no início deste mês e, quando concluída, com as dez pistas de rolamento como é o restante da via. Desde a semana passada estão acontecendo obras no local e existe a promessa de sinalização da Setran e presença para orientar motoristas, quando o bloqueio for iniciado. O alerta mais importante é para que os motoristas que procurem caminhos alternativos para circular pela região, na tentativa de fugir deste local que deve ficar super congestionado. Vamos ver na prática como ficará.  Esta “solução” apresentada assim de uma hora para outra não deve ser definitiva, pois tudo indica que teremos problemas muito sérios.   Entendo, ou tentando entender as mudanças Com o bloqueio, não será permitindo o acesso à Rua Emanoel Voluz para a Rua André Ferreira Barbosa. Em função dos trabalhos, haverá alteração no sentido viário de algumas ruas e desvios de trânsito (veja mapa). O grande gargalo, deve ser a Rua Mal. Otávio Saldanha Mazza (via rápida sentido bairro) que passará a ter sentido duplo entre as ruas Joaquim Simões e Hélio Dirceu Woitikiw, para permitir a circulação dos ônibus que se dirigem ao Terminal do Pinheirinho Outra grande mudança é na Joaquim Simões que terá sentido único invertido no sentido da Otávio Saldanha Mazza para a Av. Winston Churchill; a pista lenta da Winston Churchill sentido Bairro terá seu fluxo alterado para sentido Centro entre as ruas Joaquim Simões Outra grande mudança, é na Aref Kudri que terá sentido único da Winston Churchill para a Otávio Saldanha Mazza; também a Rua Hélio Dirceu Woitikiw terá sentido único da Rua Emanoel Voluz para a Rua Mal. Otávio Saldanha Mazza. Na região das obras, a pista central da Linha Verde Sul (sentido São Paulo) será utilizada apenas para se fazer o acesso à Rua André Ferreira Barbosa. Quem segue no sentido São Paulo deverá usar a pista marginal da Linha Verde Sul na região. Dessa forma, para os veículos que vierem pela Rua Emanoel Voluz: o acesso à Rua André Ferreira Barbosa deverá ser feito pela Alameda Nossa Senhora do Sagrado Coração, pela Rua Izaac Ferreira da Cruz, pela Linha Verde Sul (pista central, sentido São Paulo) e pela Rua Mário Gomes Cezar; o acesso direto à Linha Verde Sul (pista marginal, sentido São Paulo) deverá feito pelas ruas Hélio Dirceu Woitikiw e Eng. João Bley Filho. Para os veículos que vierem pela Rua Izaac Ferreira da Cruz, o acesso à Linha Verde Sul (pista marginal, sentido São Paulo) deverá ser feito pelas ruas João Laerte Bochina, Emanoel Voluz, Hélio Dirceu Woitikiw e Eng. João Bley Filho. Quem quiser ir ao comércio da Av. Winston Churchill na região das obras deve pegar a pista marginal da Linha Verde Sul (sentido Porto Alegre), pela Rua Irene Dutka e pela Rua André Ferreira Barbosa (que, no período das obras, terá trânsito contrário ao sentido normal do fluxo entre a Irene Dutka e Winston Churchill).   Ônibus   Terão os percursos mudados o expresso Circular Sul; Sítio Cercado/Capão Raso e Portão/Sitio Cercado, além dos Ligeirinhos Curitiba/Fazenda Rio Grande; Sitio Cercado; e Sítio Cercado/Capão Raso e linhas alimentadoras e metropolitanas que passam pela Winston Churchill.   A mudança de rota não altera, a princípio, o número de paradas porque no trecho que será interditado para as obras não há pontos de ônibus   O desvio dos ônibus será feito pela Rua Ricardo Gasparian, a partir da Avenida Nossa Senhora do Sagrado Coração, pelas ruas João Laetes Bochnia, Marechal Otávio Saldanha Mazza e Joaquim Simões, chegando então à Winston Churchill, do outro lado da trincheira.   Na rua rua Marechal Otávio Saldanha Mazza  os ônibus irão transitar nos dois sentidos. Como é uma rua de sentido único, será criada uma faixa exclusiva para o transporte coletivo, no contra fluxo, para os ônibus que vão em direção ao terminal Pinheirinho.   A exceção desse desvio será o expresso Circular Sul, sentido bairro, que vai sair da canaleta da Churchill pela Alfredo Kudri, seguindo a partir daí pela Marechal Otávio Saldanha até a Ricardo Gasparian, retomando o caminho normal.