Revista inglesa Times Higher Education coloca a Universidade de Londrina em primeiro lugar entre as instituições estaduais do Sul do país, seguida pelas universidades de Maringá e Ponta Grossa.

O ranking publicado nesta quinta-feira (20) pela revista Times Higher Education, da Inglaterra, responsável também pela publicação do ranking mundial de universidades (World University Ranking), coloca a Universidade Estadual de Londrina (UEL) em primeiro lugar entre as instituições estaduais de ensino superior do Sul do país, seguida pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

A publicação leva em conta cinco indicadores: citações de artigos científicos, transferência de tecnologia, ensino, pesquisa e perfil internacional.

As universidades também se destacam entre as melhores instituições de ensino superior da América Latina, conforme o ranking do continente.

Este é o segundo ano que a UEL e a UEM aparecem no ranking. A Universidade de Londrina está entre a 51ª e 60ª e a de Maringá e Ponta Grossa estão entre 61ª e 70ª colocação das melhores universidades da América Latina. A UEL subiu na pontuação na categoria Ensino. Ocupando a 13ª colocação entre as brasileiras e a 18ª entre as 81 universidades latino-americanas.

Para a diretora de Avaliação e Acompanhamento Institucional da Pró-reitoria de Planejamento (Proplan), Sandra Regina de Oliveira Garcia, o resultado é uma conquista da comunidade acadêmica. “Estamos orgulhosos do nosso desempenho. Isso se deve muito aos esforços da gestão, dos funcionários, dos professores e dos estudantes”.

O ranking classifica 81 universidades. São 32 universidades brasileiras, 17 chilenas, 13 mexicanas, 11 colombianas, três venezuelanas, duas argentinas, duas equatorianas e uma costa-riquenha.

O Latin America University Rankings 2017 pode ser acessado aqui: timeshighereducation.com