A primeira tira de família de sucesso, e que inaugurou uma série de tiras com o mesmo tema. Pafúncio e Marocas (Bringing up Father no original) foi criada por George McManus e publicada pela primeira vez em 1913, antes ainda da Era de Ouro dos Quadrinhos.
A tira serviu para uma auto referência da vida de classe média do autor, mostrava o comodismo e conforto do dono de casa neo-burgês em atitudes estóicas com as pressões da esposa sobre ele e as preocupações com a filha. Da mesma forma provocava e divertia os leitores com as inquietações da esposa em relação ao comportamento do marido.

 

Pafúncio (Jiggs) é um imigrante irlandês grosseirão e afortunado pela sorte numa corrida de cavalos, casou com uma mulher da mesma sociedade a qual tem grande dificuldade de se adaptar. Essas características de interação entre enredo e personagem, e as chateações de estar no contexto errado, cativaram o público de uma forma que até hoje é copiada em personagens famíliares (ex: Homer Simpson).

A tira foi um sucesso e foi publicada com novos artistas mesmo após a morte do autor até 2000. Havia uma personificação do autor no personagem tão intensa que o roteiro fluia de forma muito natural e engraçada. A identificação foi suficiente para que na ocasião de um filme para os cinemas o próprio autor atuasse no papel de Pafúncio.