Moradores do Tatuquara recebem, a partir desta sexta-feira (27/9), a sétima etapa dos mutirões Curitiba Sem Mosquito de 2019. A ação faz parte das estratégias da Prefeitura para conscientizar a população para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Entre sexta-feira (27/9) e sábado (28/9) agentes de combate às endemias da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) visitam os moradores do bairro, orientando que tipos de materiais podem ser descartados – tudo o que, ao relento pode acumular água ser usado como criadouro pelo mosquito Aedes aegypti – e explicam que o entulho e lixo devem ser deixados em frente às casas para ser recolhido.

A segunda etapa da ação será na segunda-feira (30/9) e terça-feira (1º/10), quando caminhões do departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smma) passam pelo bairro para recolher os entulhos.

O trabalho é conjunto com a população, que precisa manter atenção permanente contra o mosquito, fazendo a limpeza semanal dos quintais e não deixar água parada. 

A coordenadora do Programa Municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco, complementa que, além de manter a rotina de cuidados, os moradores devem receber os agentes. 

“Nossos profissionais estão sempre uniformizados e com crachás de identificação. Em caso de dúvida, há a possibilidade de ligar para o 156 para checar a informação, a central tem uma lista com os nomes de todos os profissionais”, explica Tatiana.

Trabalho constante

Em Curitiba o trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti acontece o ano todo.

“O trabalho tem que ser contínuo, não podemos descuidar. O Curitiba Sem Mosquito vai passar pelos dez Distritos Sanitários da Cidade”, explica Tatiana. 

Além dos mutirões, o Programa Municipal de Controle do Aedes aegypti promove ações de prevenção à dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Realiza vistorias em casas, comércios e espaços públicos, ações pedagógicas de conscientização, monitoramento e bloqueios em áreas com focos.

Balanço

Este é o terceiro ano que a Prefeitura promove o Curitiba Sem Mosquito. Desde o início das atividades, o programa recolheu mais de 2 mil toneladas em resíduos das casas dos curitibanos.

Só neste ano foram coletados mais de 260 toneladas de entulhos nas regionais Boa Vista, Boqueirão, CIC, Portão, Pinheirinho e Cajuru. 

Como combater o mosquito Aedes aegypti

1 – Mantenha caixas, tonéis e barris de água tampados.
2 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
3 – Não jogue lixo em terrenos baldios.
4 – Ao guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.
5 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.
6 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
7 – Se for guardar pneus velhos, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
8 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água.
9 – Lave pelo menos uma vez por semana, com água e sabão, recipientes utilizados para guardar água.
10 – Os vasos de plantas aquáticas também devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.