Hoje em dia com o aumento de índices de criminalidade e violência que se observa em todo o Brasil, a população busca novas formas de se proteger, paralelamente aos esforços dos órgãos oficiais de segurança pública.
Surgem então várias iniciativas como a organização da comunidade, vizinhos atentos, grupos de whatsapp, alarmes comunitários e câmeras, entre outros.
Cabe destacar que todas estas iniciativas são muito válidas, pois sempre que a comunidade se organiza consegue obter mais segurança, pois tudo o que os delinquentes querem são pessoas vivendo isoladas, cada uma cuidando apenas do “seu quadrado”.
O sistema de vizinhos atentos, vizinhos solidários ou outro nome, constitui-se da união de grupos de vizinhos ou quadras dentro de um bairro. As pessoas se reúnem, criam um sistema de comunicação, muito frequentemente através de redes de comunicação via celular como o whatsapp, onde se mantém em contato frequente, alertando de situações suspeitas, trocando apoios mútuos e pedindo e oferecendo ajudas quando possível se identificado cada residência com uma placa padrão, sendo uma excelente fonte de melhora desta questão.
Quanto aos alarmes comunitários são também uma boa opção, pois se cria no local um ambiente que vigia e aciona o alarme sempre que há uma situação problema. Isto cria na marginalidade que age no local uma temeridade por saberem que o risco de atuar ali é ser logo detectado e correr risco de ser capturado ou denunciado para toda a vizinhança. Recomenda-se apenas cuidado quanto a acionamentos desnecessários ou acidentais frequentes para que não caia em descrédito.
Quanto à questão de câmeras, isto também ajuda posto que muitos crimes têm sido esclarecidos com a ajuda de câmeras e isto sempre causa a retração de criminosos agindo na região quando sabem que estão sendo filmados. Recomenda-se neste caso que haja um sistema de gravação de imagens e não apenas a visualização momentânea delas.
Por fim vale lembrar que nenhum destes sistemas substitui a necessidade de que cada pessoa tome sempre as suas medidas de prevenção de delitos, pois um número grande deles ainda ocorre por oportunidades que a vítima oferece, sendo este o principal método de escolha de qualquer criminoso, bem como o fortalecimento do policiamento ostensivo nos bairros das nossas cidades.

Curso Básico de Segurança em Condomínios Residenciais – Presencial e à distância
Cel. Roberson Bondaruk
Roberson Luiz Bondaruk é Coronel da Polícia Militar do Paraná e Consultor de Segurança Pública e Privada.
Mais informações:
www.comunidadecontraocrime.com.br