O governador Beto Richa inaugurou, na quinta-feira (22), em Paranaguá o Centro de Proteção Ambiental das Baías de Paranaguá e Antonina “Edgard Meira de Vasconcellos Filho”. O porto de Paranaguá será o primeiro porto público do Brasil a contar com uma base para atendimentos a emergências ambientais envolvendo derramamentos químicos e de óleo, integrado ao atendimento à fauna petrolizada.

A APPA está investindo cerca de R$19,5 milhões no Centro de Proteção Ambiental, incluindo a construção do prédio, com 1.129 metros quadrados e dois pavimentos, aquisição de equipamentos, manutenção e operacionalização do Centro.

O novo prédio – que atende todas as orientações do Plano Nacional de Contingência – vai abrigar equipe de resgate, brigada de incêndio do Porto de Paranaguá e biólogos responsáveis pela despetrolização da fauna, facilitando a ação e operação, em caso de emergências decorrentes da atividade portuária.

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) solicita aos veículos de comunicação que tiverem interesse em fazer a cobertura da inauguração para que seja feito o credenciamento antecipado das equipes, até às 18h desta quarta-feira (21).

Os veículos de comunicação deverão enviar o nome completo e o RG dos jornalistas que integram a equipe para o email: [email protected]

A medida é para maior segurança e comodidade das equipes de reportagens e também se deve ao fato de que o Porto de Paranaguá é uma área alfandegada e o controle de acesso feito pela Receita Federal.