Vereadores da Comissão de Legislação liberam trâmite de dois projetos do Executivo: mudanças na Linha Verde e crédito para a Regional do Tatuquara.

 

Recebeu parecer favorável da Comissão de Legislação, nesta segunda-feira, o projeto que cria a 10ª administração descentralizada de Curitiba. A nova Regional do Tatuquara reunirá os bairros do Tatuquara, Campo de Santana e Caximba, onde vivem hoje aproximadamente 82 mil pessoas. O terreno que sediará a unidade, ainda em construção, fica na rua Engenheiro João Klaus – e contará com uma Rua da Cidadania e uma Unidade de Pronto Atendimento, cujas obras já começaram.
A proposição ainda precisa passar por Economia e Serviço Público para estar apta a ser votada em plenário pelos vereadores. Além de viabilizar a criação da Regional Tatuquara, o projeto também promove mudanças em relação às atribuições da Secretaria do Governo Municipal (SGM), no sentido de reforçar seu caráter de incentivador da descentralização.
Para que a Regional do Tatuquara passe a existir, “é preciso criar o cargo do décimo administrador regional, bem como dois cargos de assessoramento, possibilitando dar início à administração dessa nova unidade”, afirma o prefeito, na justificativa da matéria.
A Comissão de Legislação, Finanças e Fiscalização é composta por nove vereadores, sendo que Pier Petruzziello (PTB) preside o colegiado. Integram o grupo Bruno Pessuti (PSC), Carla Pimentel (PSC), Colpani (PSB), Cristiano Santos (PV), Felipe Braga Côrtes (PSDB), Julieta Reis (DEM), Toninho da Farmácia (PDT) e Valdemir Soares (PRB).