O Programa de entrevistas da Rede Cidade Digital traz detalhes da maior parceria público-privada de Santa Catarina e pode servir de referência para a construção das cidades inteligentes no país

O RCD Cidades desta quinta-feira (04/02), o programa de entrevistas da Rede Cidade Digital (RCD), conduzido pelo diretor José Marinho, trata de um importante tema para a implantação de projetos de cidade inteligente no país: a Parceria Público-Privada de Iluminação Pública com o caso de sucesso de Palhoça, município que implantou a maior PPP de Santa Catarina e inédita no país por ser a única com cobertura de 100% do monitoramento inteligente, em tempo real, dos pontos de LED.

O programa que vai ao ar às 10 horas, na TVRCD, o canal oficial RCD, no Youtube, traz como convidada a secretária de administração de Palhoça, Cristina Schwinden, para contar detalhes do projeto, desde a sua elaboração até implantação, que começou a ser feita pelo consórcio vencedor em novembro do passado.

A proposta transfere a gestão do parque de iluminação pública, com 27 mil pontos, para a iniciativa privada. “O primeiro grande desafio foi ser o primeiro do Estado. Quando começamos a tratar disso não tínhamos nenhum outro município para pegar experiências. Foi um trabalho difícil de entendimento e por isso foi muito importante o alinhamento com o Tribunal de Contas”, observa Cristina.

A PPP de Iluminação integra o programa Palhoça + Eficiente que visa fomentar o investimento privado na modernização dos serviços públicos da cidade de 175 mil habitantes, localizada na Região Metropolitana de Florianópolis.

A secretária destaca que além da economia gerada, a PPP abre possibilidade para transformar Palhoça referência em Cidade Inteligente no país. Os primeiros oito mil pontos instalados com luminárias LED já contam com dispositivos embarcados de telegestão, que possibilitam a comunicação entre os postes e o monitoramento do parque de forma remota através da Central de Controle Operacional (CCO).

“Com esses dispositivos de comunicação poderemos começar a trabalhar outros projetos como a questão de cidade inteligente. É uma etapa que organicamente vai acabar acontecendo”, ressalta Cristina sobre o aumento da conectividade na cidade e adoção de sensores para controle de serviços como de mobilidade, segurança e meio ambiente.

Para participar ao vivo do RCD Cidades é preciso inscrever-se gratuitamente pelo https://www.sympla.com.br/rcd

O programa é aberto e gratuito a todos os interessados no desenvolvimento socioeconômico das localidades através do investimento em tecnologia e inovação. O diretor da RCD, José Marinho, ressalta que o objetivo do RCD Cidades é trazer informações e subsídios que auxiliem as novas administrações municipais no desenvolvimento de políticas públicas voltadas para a melhoria da qualidade de vida das pessoas através do investimento tem tecnologia.

Serviço:
RCD Cidades
04/02, às 10 horas
Inscrições gratuitas: https://www.sympla.com.br/rcd