Faça exercícios físicos em casa com a Smelj

Os vídeos com aulas on-line de exercícios físicos apresentados pelos professores de Educação Física da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) já foram vistos por de 84,1 mil pessoas, até esta quarta-feira (8/4). Já foram divulgadas 13 aulas pela internet.

De segunda a sexta-feira, sempre às 9h30, um vídeo diferente é postado no Facebook da Smelj. A ideia é que as pessoas façam os exercícios físicos em casa, seguindo as orientações dos professores de educação física e com isso mantenham o sistema imunológico fortalecido. 

Na sexta-feira (10/4) são será publicado nenhum vídeo, em razão do feriado religioso da Sexta-Feira Santa.

Os vídeos estão sendo postados desde o dia 23 de março, quando a Smelj decidiu fechar os 36 Centros Esportivos da Prefeitura. A medida segue a determinação das autoridades de saúde para evitar o contágio do novo coronavírus. 

Assista aqui aos vídeos

Nesta quarta-feira (8/4) a aula on-line foi de alongamento com a professora Cris Zeni.  Os vídeos podem ser assistidos ao vivo, assim que começa a transmissão às 9h30 de segunda a sexta-feira, mas também ficam disponíveis no Facebook da Smelj para serem vistos a hora e quantas vezes a pessoa quiser. 

Pelas telas dos computadores, celulares e tablets também já passaram aulas de isostretching, conhecida como a ginástica da coluna, ginástica funcional, alongamento usando a bicicleta, aeróbica com step, alongamento, HIT – treinamento de alta intensidade, pilates solo, e aero local.

Os vídeos foram apresentados pelos professores Marina Paludzyszyn, Cristina Nunes, André Soares, Elo Freitas, Walkíria Miranda, Lucio Ferraz, Simone Cordeiro, Regiane Atallah, Priscyla Cicielski, Fabiana Molina e Paula Inoque. Nesta quinta-feira (9/4) a professora Gisele Schlosser vai dar uma aula de ginástica aeróbica. 

Números 

Das 84,1 mil pessoas que já assistiram aos vídeos, 47,8 mil acompanharam ao vivo pelas redes sociais e outras 36,3 mil depois que os vídeos ficaram disponíveis.

O maior público é de mulheres com 79,4% e a faixa etária predominante é de 35 a 54 anos. Os idosos representam 14,2% do total de pessoas que acompanharam as aulas.