Cinco novos veículos passam a integrar a frota de transporte coletivo de Curitiba. Os micro-ônibus foram entregues nesta quarta-feira (2/10), na audiência Prefeitura nos Bairros, realizada no Tatuquara. Participaram cerca de 300 pessoas, entre líderes comunitários, moradores e autoridades.

O prefeito Rafael Greca disse aos moradores da região, reunidos no salão paroquial da Capela São Sebastião, que mais ônibus novos estão previstos para Curitiba. Somente na regional Tatuquara, uma frota de 91 veículos zero quilômetro vai atender o povo até março do ano que vem.

Esta ação na área do transporte coletivo se soma ao projeto do novo terminal que a Prefeitura está construindo ao lado da Rua da Cidadania do Tatuquara.

“Estamos investindo R$ 14 milhões no terminal. A Prefeitura teve que assumir os custos da obra integralmente devido aos cortes do governo federal”, explicou Greca.

Desde 2017, a Prefeitura já entregou 267 novos veículos na cidade, que beneficiam 350 mil pessoas por dia. A previsão é encerrar 2019 com 300 ônibus entregues à população, com mais 150 para 2020.

Inauguração do Viaduto Pompeia

O prefeito também anunciou para o dia 26 de outubro a inauguração das alças de acesso do Viaduto Pompeia, obra que tinha sido abandonada pela gestão anterior.

Quando o viaduto estiver plenamente operante, a região vai ganhar facilidade de deslocamento. Para pegar a BR-116, em direção a Fazenda Rio Grande, por exemplo, os moradores poderão usar a Rua Francisco Xavier de Oliveira, que passou por obras de drenagem e pavimentação. Já para entrar no Tatuquara, o acesso será pela Rua João Batista Bettega Júnior, que também passou por obras.

Bairro Novo da Caximba

Outra notícia boa que o prefeito deu para a comunidade foi a do acordo que vai garantir os recursos necessários para construção do Bairro Novo da Caximba. “Devo assinar o termo com a a Agência Francesa em março do ano que vem”, antecipou Greca.

O Bairro Novo da Caximba vai transformar a região com a construção de 1.147 novas moradias, obras de contenção de cheias e urbanização, regularização fundiária e um parque linear.

A captação de recursos está aprovada pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do governo federal para a contratação de € 38,1 milhões (US$ 41 milhões ou R$ 164 milhões) junto à AFD, com contrapartida do município de € 9,5 milhões (US$ 10,2 milhões ou R$ 41 milhões).

Ampliação de unidade de saúde e asfalto

O prefeito também anunciou a reforma e ampliação da Unidade de Saúde do Jardim da Ordem, reinvindicação dos moradores da região, representados na audiência por Erivaldo Moraes.

Já as ruas Wacílio Zacachuca e a Travessa Kalil Karan estão incluídas no programa Asfalto no Saibro da Prefeitura, demanda que foi apresentada por um grupo de moradores que estava na audiência.

“Nós já fizemos 28 quilômetros de asfalto no Tatuquara e faremos muito mais”, comentou o prefeito, que também autorizou a recuperação da rotatória da Rua Hamilcar Pizzato com a Dirço José Breda, pedido do morador Ivo Pedroso.

Pedidos atendidos

A moradora Luciana Cortês, da Ong Lucianas e Marias, agradeceu pela revitalização da praça na Travessa Severino Ivo Borguetti. Ela pediu a conclusão do manilhamento na Rua Emílio Zolá Florenzano e a implantação de lombada. E sugeriu que a Rua Palmyra Crivellaro Bertolde, no Campo de Santana, passe a ter sentido único.

O prefeito determinou também que sejam feitos estudos para implantação de um Ecoponto na Comunidade Rurbana e roçada para limpar a área, pedido feito pela moradora Simone Ribeiro.

Greca solicitou a troca do alambrado da praça da Rua Júlio Pereira Sobrinho, pedido do morador Otávio Pereira, e implantação de calçada na Avenida João Goulart (reinvindicação do pastor Arcelino Rodrigues).

Agradecimentos

O prefeito também recebeu o carinho da população em forma de agradecimento pelo trabalho que a Prefeitura faz na região.

“Só tenho a agradecer tudo que estão fazendo por nós com a criação do projeto do Bairro Novo da Caximba. A comunidade da Vila 29 de Outubro está com o senhor, prefeito”, disse Rosenil do Rocio Fragoso, a dona Ni, presidente da Associação de Moradores da Caximba.

Já a líder comunitária Terezinha Graciano Ramos, a dona Zita, disse que muita coisa mudou para melhor depois das ações da Prefeitura na Vila Bela Vista da Ordem.

“Antes não dava para receber visita, era mato, violência. Agora isso acabou e a gente anda de cabeça erguida. As pessoas saíram dos barracos e têm casa para morar”, disse dona Zita.

A Cohab está promovendo uma transformação na Vila Bela Vista da Ordem com a construção de 53 casas para atender moradores que vivem em condições insalubres. Em 2018, já haviam sido entregues 11 casas para esta comunidade.

“O senhor é o prefeito dos pobres e eu estou aqui para agradecer em nome dos moradores da Vila Bela Vista da Ordem ao senhor e toda equipe da regional”, disse Dona Zita.

Quem também aproveitou a audiência para agradecer a prestação de serviços da região foi a moradora Ivone Antonieti. “Quero agradecer ao prefeito pelo serviço de roçadas, pelas 12 ruas asfaltadas e pelas casas que serão entregues para a população. Muito obrigado!”, disse.

Presenças

Participaram do evento o padre Emanuel Cardoso; o administrador regional Jadir Silva; o vice-prefeito Eduardo Pimentel; a procuradora-geral do Município, Vanessa Volpi; Carlos Celso dos Santos Júnior e Odgar Nunes Cardoso, respectivamente comandante da Guarda Municipal e superintendente da Defesa Social; o presidente da Urbs Ogeny Pedro Maia Neto; os secretários Marilza Dias (Meio Ambiente), Luiz Fernando Jamur (Governo Municipal), Emílio Trautwein (Esporte, Lazer e Juventude), Rodrigo Rodrigues (Obras Públicas) e Alexandre Jarschel de Oliveira (Administração e Gestão de Pessoal); os vereadores Edmar Colpani, Edson do Parolin, Mauro Bobato, Beto Moraes e Rogério Campos; Rosângela Batistella (Setran); José Lupion Neto (Cohab); Mauro Magnabosco (Ippuc); e lideranças comunitárias da região.