O post-it é utilizado das mais diversas formas, dá para usar como marca páginas, lembretes rápidos no ambiente de trabalho e assim por diante. Mas se olhar de forma criativa podemos aprimorar ainda mais a função deste pequeno papelzinho.
Ao ter um input ou insight anote cada um deles em um post-it separado e comece a colar em um quadro ou parede, logo você poderá criar categorias para certos inputs e a partir daí é só trabalhar na ideia. Pode-se também incluir o uso de post-it para categorizar as ideias, por exemplo, post-it verde significa que a ideia está praticamente pronta, já pode ser colocada em prática, post-it amarelo a ideia ainda precisa ser lapidada, e post-it vermelho a ideia está longe de estar pronta…
A grande sacada de trabalhar desta forma é a mobilidade que o post-it permite, o trânsito de ideias é sensacional pois você pode facilmente destacar um input e juntar a outro criando toda uma sequência em da linha de raciocínio. Outra vantagem é que você estará trabalhando de forma não linear exatamente como seu cérebro funciona isso irá facilitar ainda mais o processo criativo.
Outra facilidade que o post-it fornece é a possibilidade de ajudar a explorar e desenvolver uma ideia analisando seus pontos positivos, negativos e interessantes (PNI). Ao analisar uma ideia anote em um post-it verde os pontos positivos que mais lhe agrada, anote em um amarelo os pontos a serem estudados, discutidos ou até mesmo os que precisam ser modificados e anote nos vermelhos os pontos negativos da ideia apresentada.
Essa técnica nos ajuda a ver os dois lados de uma ideia ou argumento, analisar as coisas com diferentes perspectivas, ampliar a visão sobre um assunto e explorar antes de julgar.

Thiago Kffuri
Professor e Palestrante especializado em Criatividade.
www.thiagokffuri.com.br