Moradores do Pinheirinho recebem a partir desta sexta-feira (3/4) a nona etapa do Mutirão Curitiba Sem Mosquito de 2020. É uma ação conjunta entre as secretarias municipais da Saúde e do Meio Ambiente para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

Moradores do Pinheirinho recebem a nona etapa do Mutirão Curitiba Sem Mosquito de 2020.

Nesta etapa serão contemplados 37 quarteirões da Regional Pinheirinho. Os moradores receberão visitas dos agentes de endemias da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) que vão orientar sobre os tipos de materiais que devem ser descartados das casas e terrenos – tudo o que pode acumular água e virar criadouro do mosquito.

Eles também vão pedir que o entulho e lixo sejam deixados em frente às casas para serem recolhidos na segunda (6/4) e terça-feira (7/4). Nesses dois dias, os caminhões do departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente passam pela região para recolher os entulhos.

Faxina no fim de semana

A coordenadora do programa municipal de Controle do Aedes, Tatiana Faraco, explica que a ideia é orientar os moradores para que aproveitem o fim de semana para fazer faxinas e separar também os entulhos que não sabem como destinar.

“A ideia é ofertar, além da coleta de rotina, a possibilidade de descarte daquela peça que às vezes as pessoas não sabem o que fazer, vão deixando no quintal e que podem acabar virando um criadouro para o mosquito”, orienta.

Tatiana diz ainda que mesmo com o cenário de pandemia do novo coronavírus a rotina de cuidados com combate ao mosquito deve continuar. 

“Não podemos deixar de lado a prevenção contra outras doenças. Pedimos que a população aproveite o tempo do isolamento domiciliar para reforçar essa rotina de limpeza”, explica.

Balanço

Este é o quarto ano em que a Prefeitura promove o Curitiba Sem Mosquito. Desde o início das atividades, o programa recolheu mais de 3 mil toneladas de resíduos das casas dos curitibanos. Só neste anos foram mais de 254 toneladas em oito etapas de coleta.

Como combater o mosquito Aedes aegypti   

1 – Mantenha caixas, tonéis e barris de água tampados.
2 – Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
3 – Não jogue lixo em terrenos baldios.
4 – Ao guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.
5 – Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.
6 – Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
7 – Se for guardar pneus velhos, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.
8 – Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas impeçam a passagem da água.
9 – Lave pelo menos uma vez por semana, com água e sabão, recipientes utilizados para guardar água.
10 – Os vasos de plantas aquáticas também devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.