Sem publicar conteúdos online, a maioria dos advogados de Curitiba deixa de utilizar a força da internet com a aplicação das modernas e eficientes técnicas do Marketing Jurídico Digital. Informação constatada em pesquisa realizada com 166 advogados no último dia 16 durante a eleição da OAB-PR.
Apesar de permitido pelo novo código de ética e disciplina da OAB, a divulgação online é utilizada apenas por 40% dos advogados entrevistados, mesmo com todos reconhecendo a sua importância.
60% dos entrevistados não tem um site, 87% não tem um Blog atualizado e somente 1% deles produz conteúdo atualizado no mínimo 2 vezes por mês.
Dentre os advogados entrevistados, 56% utiliza o Facebook para acompanhar assuntos profissionais e 10%acompanha pelo LinkedIn.
Confira os dados da pesquisa e logo abaixo veja o feedback do bate papo descontraído que tivemos com vários advogados durante do evento.

1. Qual rede social você mais acompanha assuntos profissionais?
• 56% dos advogados entrevistados usa mais o Facebook para assuntos profissionais
• 4% dos advogados entrevistados usa mais o Instagram para assuntos profissionais
• 10% dos advogados entrevistados usa mais o LinkedIn para assuntos profissionais
• 28% do advogados entrevistados usa a rede social apenas para assuntos pessoais
• 2% dos advogados entrevistados não emitiram opinião

2. Você acha importante divulgar seu escritório nas redes sociais?
• 36% dos advogados entrevistados acha importante e divulga nas redes sociais
• 52% dos advogados entrevistados acha importante mas não divulga nas redes sociais
• 10% dos advogados entrevistados não acha importante divulgar nas redes sociais
• 2% dos advogados entrevistados não emitiram opinião

3. Você ou seu escritório de advocacia faz campanha por e-mail
• 3% dos advogados entrevistados envia newsletters com frequência mensal
• 1% dos advogados entrevistados envia newsletters com frequência quinzenal
• 14% dos advogados entrevistados envia newsletters esporadicamente
• 80% dos advogados entrevistados não envia newsletters
• 1% dos advogados entrevistados não emitiram opinião

4. Seu site possui um blog?
• 13% dos advogados entrevistados tem um blog meio desatualizado
• 7% dos advogados entrevistados tem um blog com postagens atualizadas mensalmente
• 16% dos advogados entrevistados não acha importante ter um blog
• 60% dos advogados entrevistados ainda não tem um blog apesar de considerar importante
• Destes 60% que não tem um blog 50% ainda não tem um site
• 4% dos advogados entrevistados não emitiram opinião

Dar conhecimento dos bons serviços à sociedade é tarefa sadia e necessária ao desenvolvimento socioeconômico.
Como mostra na pesquisa acima, e pelas perguntas feitas a vários advogados presentes no evento, ficou claro que muitos querem divulgar porém não o fazem.
Durante um bate papo rápido que tivemos com diversos advogados, vimos que alguns não tem realmente tempo, outros acham que pode custar muito caro, mas todos os entrevistados acham importante a divulgação do escritório na internet seja por meio de um site, blog, redes sociais, artigos, boletins ou newsletter.
Para os que não tem tempo deixo meu contato pois o Novo código de ética não proíbe assessoria de marketing jurídico e quem tiver interesse pode solicitar um orçamento.
Aos que acham que pode custar muito caro, sugiro uma consultoria de Marketing Digital Jurídico com a Dr. Marketing, assim poderemos mostrar maneiras desses profissionais fazerem sua própria divulgação, tornando o processo de divulgação sem custo, sendo apenas operacional após estabelecidas as ferramentas.

Confira a matéria completa no blog www.drmkt.com.br/blog e no site gazetadobairro.com.br