Estudantes no palco e na plateia. Assim é a IV Bienal Arte/Educação, realizada em parceria pela Secretaria Municipal da Educação e a Fundação Cultural de Curitiba até o dia 22 de setembro.

A iniciativa reúne em vários espaços da cidade o trabalho desenvolvido por crianças e profissionais da educação em 53 unidades educacionais do município. A bienal, aberta no último dia 10, pode ser visitada por toda comunidade, gratuitamente.

Esta semana, a programação começou com um show de percussão dos estudantes da Escola Municipal Érico Veríssimo (Alto Boqueirão). Com baldes e baquetas, eles conquistaram sorrisos e aplausos dos estudantes que visitaram a mostra, no Portão Cultural. 

As crianças também conferiram a exposição dos trabalhos de diversas escolas, no pavilhão do Portão Cultural.
O estudante Luiz Augusto de Lima, do 3º ano do Ensino Fundamental da Escola Nansyr Cecato Cavichiolo (Parolin), adorou a exposição.

“Gostei muito de vir aqui, é a primeira vez que venho à bienal”, disse o menino.

As amigas Joyce da Silva e Sara Cristina Costa Rosa, do 5º ano da Escola Municipal Centro de Educação Integral (CEI) David Carneiro (Xaxim), também foram conferir os trabalhos dos colegas pela primeira vez. “Adoro arte, adoro música, é muito interessante”, disse Joyce.

Com o tema “Arte e Vida: fronteiras em aberto”, a IV Bienal estabelece uma ligação entre a Arte Contemporânea e as produções artísticas realizadas nas unidades da rede municipal de ensino.

Nesta segunda, cerca de 400 estudantes de 15 unidades visitarão o espaço. 

Confira toda a programação