Museu da Vida terá unidade em Forquilhinha (SC)
Pastoral da Criança quer expandir conhecimento sobre suas ações e valorizar a história de sua fundadora

 

forquilhinha2

 

Prestes a completar três meses de inauguração, o Museu da Vida já possui um projeto de expansão. Ainda há muito a ser planejado, mas o local é certo: Forquilhinha (SC) – município em que a Dra. Zilda Arns Neumann, fundadora da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, nasceu e passou sua infância.

 

A nova unidade do Museu será organizada na Casa Mãe Helena, sede das Irmãs Escolares de Nossa Senhora e da Pastoral da Criança da cidade, e trará exposições e espaços diferentes do que está organizado em Curitiba (PR).

 

A museóloga Ariane Azambuja passou uma semana em Forquilhinha, pesquisando e conversando com as pessoas que vão colaborar com o projeto: o Prefeito Lei Alexandre; a Secretária de Assistência Social, Lilian Arns Topanotti; o Secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Carlos Alberto Arns Filho; e uma representante da Pastoral no município, Daiane Savi.

Projeto em fase de planejamento

forquilhinha1

 

Ariane explica que a proposta inicial é que o espaço contenha exposições sobre a vida da Dra. Zilda, com ênfase no período da infância, pois ela viveu em Forquilhinha até os 10 anos de idade, e curiosidades – como a história dos lírios brancos, contata pela Irmã Hilda Arns. Também sobre as ações da Pastoral da Criança, seu contexto de abrangência e os desafios a serem enfrentados no âmbito da saúde e do desenvolvimento infantil, incluindo aspectos regionais. Aprovado em reunião, o projeto agora agora está sendo estruturado, para que a inauguração ocorra ainda neste ano.

 

 “Forquilhinha é a terra da Dra. Zilda, o que muito nos orgulha. Ter uma unidade aqui é uma grande honra e motivo de felicidade para nós”, ressaltou Lei Alexandre, em matéria publicada no site da prefeitura.