Nem toda carreira de sucesso tem uma receita predefinida. Basta ver que muitas das figuras mais bem sucedidas da atualidade começaram a trabalhar em áreas que pouco têm a ver com as posições que ocupam hoje.

A trajetória imprevisível é o que existe em comum entre nomes como Barack Obama, Warren Buffett e Oprah Winfrey, por exemplo.

Poucos apostariam que um sorveteiro, uma vendedora de mercearia e um entregador de jornais seriam hoje, respectivamente, o presidente dos Estados Unidos, a maior apresentadora de televisão do mundo e um dos investidores mais ricos do planeta.

Afinal, onde está o emprego no Brasil?

Profissionais das áreas de tecnologia da informação e de serviços financeiros , mesmo na crise, seguem diante de um leque de oportunidades de trabalho mais consistente do que seus colegas de outros setores.
A conclusão parte de um levantamento inédito da Love Mondays, comunidade de carreiras que reúne dados anônimos de salário e opiniões sobre empresas dadas por usuários do site. Vagas de trabalho são anunciadas também pela plataforma. Atualmente, mais de 2,36 mil vagas abertas podem ser consultadas no site.

Os lugares com mais emprego
Do total de vagas abertas hoje na base de dados da Love Mondays, 73% estão concentradas na região Sudeste. O restante se divide entre as demais regiões do país, sendo 11% na região Sul, 8% na região Centro-Oeste, 4% na região Nordeste, 4% na região Norte.

Os setores com mais oportunidades
Das 2.364 vagas anunciadas por empresas no portal Love Mondays, 36% são para o setor de TI e Telecom. “O setor de tecnologia da informação continua aquecido porque investimentos nesta área permitem melhora de processos, mais eficiência, e, consequentemente, corte de custos”, diz Luciana. A área de bens de consumo também tem volume de oportunidades, com 21% das vagas, e serviços financeiros é o terceiro setor da lista.