Equipes da Guarda Municipal voltaram a registrar, durante o feriado de 1º de maio e o último fim de semana, condutas em desacordo com as recomendações para conter o avanço da covid-19 na cidade.

Em três dias foram 144 orientações em pontos diversos, além dos atendimentos rotineiros de ocorrências – um dos maiores números registrados durante toda a história da Guarda Municipal. 

“As orientações foram para atender pedidos da população, que recorreu ao telefone de emergência 153 da Guarda Municipal para relatar situações diversas”, explica o secretário de Defesa Social e Trânsito, Guilherme Rangel.

Entre os relatos e situações constatadas, teve reuniões com grande número de pessoas, sem manter o distanciamento mínimo de 1,5 metro dos demais e sem máscaras e competições esportivas nas quais há contato físico entre os participantes.

O Centro de Esporte e Lazer Bacacheri (Bacacheri), a cancha de areia ao lado da Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag (Cajuru) e o campinho atrás do Colégio Lúcia Bastos (Alto Boqueirão) foram alguns dos locais nos quais a Guarda Municipal teve que reforçar a orientação. 

“Não temos nenhuma alegria em acabar com partidas de futebol e de vôlei nas nossas praças e parques. O enfrentamento da pandemia covid-19 nos obriga a isso. É uma irresponsabilidade o contato social, mesmo em ambiente aberto. Peço que pais e responsáveis nos ajudem a acelerar o tempo de cura”, pediu o prefeito Rafael Greca, nas redes sociais.

Os trabalhos preventivos dos guardas se estenderam para muitos endereços, como a pista de skate da Praça da Colonização Menonita (Boqueirão), a Praça Central Norte (Cajuru), o Parque Atuba (Atuba) e o Bosque do Pilarzinho (Pilarzinho).

Pipa com cerol

Ainda, foram 43 os acionamentos para que a Guarda Municipal verificasse situações de pipa com cerol (material proibido). Uma delas foi no Parque Guairacá (Fazendinha), onde a GM constatou a presença de aproximadamente 300 pessoas.

Encontros semelhantes foram dispersados na academia ao ar livre Monteiro Lobato (Tatuquara), onde havia cerca de 400 pessoas, e na Rua São Paulo (Portão), que chegou a reunir em torno de 200 pessoas.

No Campo do Santana e na academia ao ar livre Soldado Wagner Alves Sampaio (Tatuquara) houve recolhimento de material (linha com cerol), além da dispersão. 

Estabelecimentos comerciais

Além desse trabalho, a Guarda Municipal deu apoio aos trabalhos da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), promovida no sábado e no domingo (2 e 3/5) em diferentes bairros da cidade. Foram 23 estabelecimentos comerciais verificados, três fechados e quatro notificados, conjuntamente com fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo e da Polícia Militar.

Já a nova semana começou com o retorno das orientações – sobre o uso de máscaras e de distância mínima em filas – em terminais de ônibus e nos arredores de agências bancárias.