Premiação visa a reconhecer a atuação dos agentes de crédito e estimular as entidades parceiras das duas instituições – prefeituras, federações e associações comerciais e industriais e outras – em todo o estado, a promover ações para ampliar o acesso ao crédito para empresas de micro e pequeno porte

 

Agentes de crédito e instituições parceiras da Fomento Paraná e Sebrae/PR na oferta de crédito para empreendedores de micro e pequeno porte em todo o estado serão premiados durante o Encontro Estadual de Agentes Conveniados, que as duas instituições promovem nos dias 31 de maio e 1º de junho, em Faxinal do Céu.

O “PRÊMIO FOMENTO PARANÁ – SEBRAE/PR DE MICROCRÉDITO” é mais uma iniciativa para incentivar a expansão da oferta e a melhoria do acesso ao crédito produtivo e orientado, bem como o tratamento diferenciado para empresas paranaenses de micro pequeno porte.

O diretor de mercado e relações institucionais da Fomento Paraná, Luiz Renato Hauly, afirma que o prêmio é uma forma de apoiar uma peça fundamental para que o crédito de baixo custo chegue aos empreendedores. “O prêmio é uma forma de valorizarmos o trabalho desses agentes, que contribuem para o desenvolvimento de seus municípios por meio do acesso ao crédito”, afirma Hauly.

Segundo Hauly, que é economista, o dinheiro do crédito ajuda a movimentar a economia das cidades. “Cada real investido pela Fomento Paraná por meio de um financiamento a um empresário chega a girar até sete vezes no município. Com o dinheiro, o empreendedor paga a mão-de-obra local, compra produtos nas lojas da própria comunidade, contrata serviços locais e esse dinheiro continua circulando, porque quem o recebe também vai fazer outras compras e pagamentos por produtos e serviços, o que aquece a economia dos municípios paranaenses e ajuda a manter ou criar empregos”, explica ele.

O coordenador estadual de acesso a serviços financeiros do Sebrae/PR, Flavio Locatelli Junior, afirma que o trabalho dos agentes, ao propiciar a entrada de recursos novos na economia, leva também desenvolvimento aos municípios. “É o que chamamos de círculo virtuoso, pois o dinheiro do crédito circula no município e ajuda a desenvolver as comunidades locais”, comenta Locatelli Junior.

CATEGORIAS – Com o intuito de premiar os melhores agentes de forma proporcional e com critérios técnicos adequados, o “PRÊMIO FOMENTO PARANÁ – SEBRAE/PR DE MICROCRÉDITO” será entregue em três categorias:

  • Produção: Corresponde ao maior número absoluto de contratos de microcrédito, táxi e van firmados no período de 1 de janeiro de 2015 a 30 de abril de 2016;
  • Qualidade: Corresponde à maior pontuação segundo o indicador de produtividade, composto por número de contratos em relação à taxa de empreendedorismo do município e a taxa de inadimplência da carteira;
  • Desenvolvimento Local: Corresponde à maior pontuação segundo o indicador de produtividade, composto por número de contratos em relação à taxa de empreendedorismo do município e a taxa de inadimplência da carteira, exclusivamente em municípios com IPDM (Índice Ipardes de Desenvolvimento Municipal) abaixo de 0,7.

 

CAPACITAÇÃO – O agente de crédito primeiro colocado de cada categoria será premiado com a participação em uma capacitação técnica durante o VII Fórum de Inclusão Financeira do Banco Central, em data e local a ser definido.

Além do agente de crédito, será contemplado com a mesma capacitação o superior hierárquico diretamente vinculado ao agente de crédito. Os três primeiros agentes de crédito de cada categoria da premiação serão contemplados com curso de coaching oferecido pelo Sebrae/PR.

“A participação no fórum é uma forma de incentivar os agentes a continuar impulsionando o crédito e também para estimulá-los a buscar novos conhecimentos e estar atentos para o que está acontecendo no mundo das microfinanças. O fórum ajuda a entender a importância do microcrédito”, conta Locatelli.

 

REDE EM EXPANSÃO – Desde 2010, quando possuía cerca de 80 agentes de crédito, a Fomento Paraná passou a ampliar a rede de parceiros para que o crédito chegue em todas as regiões do Paraná.

Em abril, um grupo de 49 novos agentes concluiu as etapas do curso de formação de agentes da Fomento Paraná e do Sebrae/PR. Com os novos formados, atualmente a instituição conta com 513 agentes de crédito vinculados a parceiros. Eles estão distribuídos em postos de atendimento que cobrem mais de 280 municípios paranaenses.

ATENDIMENTO A EMPREENDEDORES – Os agentes de crédito são responsáveis por fazer o atendimento inicial aos empreendedores nos municípios. Eles apresentam as linhas de financiamento e orientam os interessados em apresentar um projeto para iniciar ou fortalecer um empreendimento.

O trabalho inclui a análise da viabilidade do financiamento ao projeto e posteriormente a orientação para juntada de documentos e acompanhamento do envio da documentação à Fomento Paraná, bem como na verificação da aplicação dos recursos no empreendimento beneficiado.

O agente de crédito precisa ter capacidade e visão empreendedora, para melhor identificar potencialidades locais nos segmentos produtivos, visando fortalecer as atividades de determinados nichos existentes em um município ou região, por meio da oferta de linhas de crédito para investimento fixo e misto.