Edson Reis, químico da empresa, Nelson Reis, proprietário e Flavia Gulin, dir. administrativa.

O empreendedor Nelson Reis começou com uma papelaria, depois montou uma loja de armarinhos, uma transportadora. Mas em 2009, resolveu investir num ramo difícil: a revenda de óleo lubrificante para motores. “Não era o que eu queria. A margem de lucro era mínima e a concorrência desleal”, lembra ele.
Com a ajuda dos filhos, Flávia Gulin (administradora) e Edson Reis (químico) e um financiamento concedido pela Fomento Paraná, instituição financeira do Governo do Estado, a empresa desenvolveu um novo projeto e deu uma guinada. Passou a produzir o óleo lubrificante acabado e a vender diretamente o produto aos distribuidores.
“O crédito nos ajudou na construção da fábrica e na montagem da estrutura necessária para obter o registro de produtor na Agência Nacional do Petróleo (ANP), além de um capital de giro inicial”, explica Flávia.