A Fundação de Ação Social (FAS) recebeu, na quarta-feira (20/5), quase duas toneladas de alimentos doados pelo Sesc Mesa Brasil Parolin e pela A. Yoshii Engenharia. Os produtos foram entregues na sede do Disque Solidariedade e serão distribuídos a pessoas em situação de vulnerabilidade social atendidas pelo município e a 45 aprendizes que trabalham na fundação.

O Sesc Mesa Brasil Parolin, que faz parte da rede nacional de bancos de alimentos, doou 3 mil ovos de chocolate, que somam 528 quilos, 7.776 pacotes de biscoito e 15 mil pacotes de suco.

A pedido do presidente da FAS, Fabiano Vilaruel, os produtos serão encaminhados principalmente para crianças e adolescentes acolhidos em Curitiba em unidades da FAS e também da rede de instituições parceiras.

“Pela característica, esses produtos farão a alegria desses meninos e meninas que estão afastados de suas famílias e vivendo sob os cuidados do município”, disse. 

Os produtos, segundo a assistente social Sesc Mesa Brasil Parolin, Franciane Jachinoski, foram encaminhados pela Mondelez, uma das indústrias que abastecem a unidade com alimentos que apresentam validades curtas. O Mesa Brasil tem também como colaboradores redes de supermercados e recebe produtos in natura sem valor comercial, mas ainda próprios para consumo.

 “O Mesa Brasil Parolin atende hoje 180 instituições cadastradas em Curitiba e Região Metropolitana para o recebimento de alimentos, que juntas atendem 29 mil pessoas. Em função da pandemia da covid-19, decidimos fazer um atendimento emergencial à FAS”, explicou.

Construtora

Da A. Yoshii Engenharia a FAS recebeu 100 litros de óleo de soja e 200 pacotes de café de 500 gramas. A escolha dos produtos foi sugerida pela própria FAS, já que eles são os itens menos doados pela comunidade.

Os produtos irão compor cestas básicas que serão montadas pela FAS e doadas para 45 aprendizes que trabalham na fundação.

O gerente de Recursos Humanos da A. Yoshii Engenharia, Marcelo Amaral Lima, contou que os produtos foram arrecadados junto aos colaboradores em uma campanha feita nas quatro unidades da empresa, que ficam em Curitiba, Londrina, Maringá e Campinas, São Paulo.

“Para cada cinco quilos de alimentos o colaborador ganhou cinco máscaras de tecido confeccionadas por um grupo voluntário formado por alguns funcionários e familiares”, explicou.   

Amanda Mombelli Noviski, líder da campanha em Curitiba, também acompanhou a entrega da doação.