Na manhã de quarta-feira a PF descobriu a Operação Hipster aonde é distribuído os Ecstasy para vários estados do Brasil pelos correios, visando prender aqueles que produzem e distribuem.

Policias Federais cumprem mandados de busca e apreensão e mandados de prisão temporária, um deles é um universitário, sendo 25 cumprindo por mandato de busca e apreensão e 4 por prisão temporária.

Iniciou-se a investigação por meio de informações da compra de uma prensa utilizada para produção de drogas e diversas remessas postais contendo Ecstasy em uma agência dos correios em Curitiba, o órgão que combate drogas nos Estados Unidos auxiliou forneceu informações.

Nos dois meses trabalhados no caso foi descoberto o envio de no mínimo 80 envelopes contendo os Ecstasy, pelos correios, gerando um grande lucro na conta do suspeito que passou dos 500 mil reais em um período de 10 meses.

Os presos foram levados a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde serão levados à justiça e caso forem condenados podem ter mais de 20 anos de prisão.

Fonte: Banda B