A Urbanização de Curitiba S.A (Urbs) começa neste mês a reforma do piso de 60 estações tubo na cidade. Entre elas estão as dos terminais do Pinheirinho e do Capão Raso. O projeto prevê, ao todo, a reforma de 141 estações tubo em dois anos (2020/2021). Trata-se do maior projeto de reforma desses equipamentos do Transporte Coletivo.

“O objetivo é revitalizar os pisos das estações tubo que se encontrem com sua vida útil vencida, já que algumas estações tubo foram implantadas há mais de duas décadas”. Disse o Prefeito de Curitiba Rafael Greca de Macedo.

As 60 estações tubo que passarão por melhoras representam 18% das 331 estações tubo do transporte coletivo de Curitiba. O custo da reforma é de R$ 1 milhão em 12 meses.

A execução dos serviços deverá ocorrer com interdições parciais em algumas estações tubo, de modo a não prejudicar a operação e otimizar o tempo da equipe executora, até que chegue o momento de interdição total programada.

O serviço prevê a recuperação da subestrutura metálica de sustentação do piso, troca total do piso e troca total do revestimento do piso.

As interdições, quando necessárias, serão realizadas na sexta e nos fins de semana, para evitar o desconforto dos passageiros durante a semana, quando há mais movimento.

Informação

A cada obra, os passageiros serão avisados com uma semana de antecedência, com avisos da Urbs nas próprias estações.

 A sequência de execução será determinada a cada mês conforme o andamento dos serviços. O objetivo é de executar aproximadamente cinco estações por mês, mas fatores como chuvas ou o tamanho de uma estação (que pode variar em até seis vezes) podem alterar esse número.

A previsão é que a próxima estação a passar pela reforma será a estação Kennedy, que  terá sua capacidade reduzida por interdições parciais até o fim do serviço de 13 a 17/3.

Nos dias 20 e 21/3 a estação tubo Praça Rui Barbosa sentido Bairro Novo que fica na rua Desembargador Westphalen será totalmente interditada e nos dias 27 e 28/3 a estação tubo Sebastião Paraná sentido Capão Raso não vai operar.

Veja a lista de estações que serão reformadas em toda a cidade: https://mid.curitiba.pr.gov.br/2020/00293829.pdf