As unidades da rede municipal de ensino já incorporaram à rotina os cuidados básicos para ajudar na prevenção da transmissão do coronavírus. Atitudes simples como lavar as mãos da maneira correta, desinfecção com álcool gel 70%, não compartilhar copos ou garrafinhas de água e não utilizar bebedouros coletivos são orientações já adotadas nas escolas e creches.

As famílias também estão recebendo orientações, em reuniões nas unidades, para disseminar as informações junto à comunidade.

No Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Ruth Cardoso, na Vila Audi/União, cada sala tem seu pote de álcool gel. A unidade atende 260 crianças.

“Além de repassarmos as orientações aos pais e professores, deixamos o álcool em todas as salas e logo vamos instalar um dispenser maior na entrada do CMEI”, conta a diretora Josiane Evelin Cordeiro Pereira.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, esteve na unidade nesta sexta-feira (13/3), para a apresentação do projeto “Leitura, literatura e laços afetivos”, e aproveitou para reforçar, junto às famílias, os cuidados que devem ser tomados.

“Cobrir a boca ao tossir, lavar bem as mãos, esses cuidados simples podem evitar que essa doença, entre outras, se espalhe em nossa cidade”, explicou a secretária.

Orientações gerais

Desde o início do ano letivo, dia 12 de fevereiro, a rede municipal de ensino tem tomado medidas preventivas e de reforço na higiene para dar suporte à prevenção da transmissão do vírus. Estão sendo entregues kits com água sanitária, desinfetante, álcool gel, álcool 70%, sabonete, papel toalha, máscara e pulverizador (bombinha).

Além disso, todas as escolas e creches municipais receberam as orientações da Secretaria Municipal da Saúde e um material pedagógico próprio, desenvolvido pela equipe da Secretaria Municipal da Educação, para dar suporte aos debates sobre o tema dentro das unidades.

Cuidados específicos para as escolas

Manter os ambientes ventilados.

Orientar a todos a lavar as mãos com freqüência, usando água e sabonete líquido, principalmente depois de tossir ou espirrar, ir ao banheiro e antes das refeições. Também é efetiva a fricção das mãos com álcool 70% gel.

Orientar e incentivar todos da comunidade escolar a utilizar etiqueta da tosse:
Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
Cobrir o nariz e a boca com lenços/papéis descartáveis quando tossir ou espirrar.
O lenço utilizado deve ser descartado.
Caso não haja lenço ou toalha de papel disponível, ao espirrar ou tossir é preferível cobrir o nariz e a boca com a manga da camisa.

Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas

Não compartilhar copos, canudos, toalhas, talheres, alimentos, maquiagem e protetores labiais, canetas, lapiseiras, borrachas, brinquedos, celulares

Orientar estudantes e suas famílias a higienizarem com frequência os pertences pessoais dos alunos (copo, garrafas plásticas, mochilas).