Pintura rupestre do Parque Nacional da Serra da Capivara Toca do Boqueirão da Pedra Furada – Piauí

Arte Rupestre – A arte rupestre é composta por representações gráficas (desenhos, símbolos e sinais) feitas em paredes de cavernas pelos homens da pré-história.
O Homem pré-histórico era capaz de se expressar artisticamente através dos desenhos que fazia nas paredes de suas cavernas. Suas pinturas mostravam os animais e pessoas do período em que vivia, além de cenas de seu cotidiano (caça, rituais, danças, alimentação, etc). Expressava-se também através de suas esculturas em madeira, osso e pedra. O estudo desta forma de expressão contribui com os conhecimentos que os cientistas têm a respeito do dia a dia dos povos antigos. Para realizarem as pinturas nas paredes das cavernas, os homens da pré-história usavam sangue de animais, saliva, fragmentos de rochas, argila, etc…

Arte Indígena – Além da arte pré-histórica vista no parágrafo acima, há outro tipo de arte primitiva: a realizada pelos índios e outros povos que habitavam a América antes da chegada de Cristovão Colombo. Os povos maias, astecas e incas são representantes da arte pré-colombiana. A história desses povos é contada através de sua arte (pintura, esculturas e templos grandiosos, construídos com pedras ou materiais preciosos).

Arte Primitiva na atualidade – Nos dias de hoje também é possível encontrar arte primitiva; alguns exemplos são as máscaras para rituais, esculturas e pinturas que são feitas pelos negros africanos. Há ainda a arte primitiva entre os nativos da Oceania e também entre os índios americanos que fazem objetos de arte primitiva muito apreciados entre
os povos atuais.

Locais com pinturas rupestres no Brasil
• Parque Nacional da Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (Piauí)
• Parque Nacional Sete Cidades (Piauí)
• Cariris Velhos (Paraíba)
• Lagoa Santa (Minas Gerais)
• Rondonópolis (Mato Grosso)
• Peruaçu (Minas Gerais)

 Entendendo a Arte – Fernando Rosa