Pandemia aumenta tentativas de golpes virtuais e pessoas
devem reforçar o cuidado com suas informações na internet

Segundo dados da Federação Brasileira de Bancos, nos últimos meses de pandemia foi registrado um aumento de 45% nas tentativas de golpes virtuais.
Além disso, com muitas pessoas trabalhando na modalidade home office, também cresceu o uso de computadores individuais, sem o apoio da equipe de TI da empresa.
Pensando nisso, Gabriel Galdino, técnico de ensino no curso de Tecnologia da Informação no Senai no Paraná, dá seis dicas de segurança cibernética para evitar golpes e fraudes nesse período. Veja as dicas abaixo:

• Altere suas senhas periodicamente e sempre use caracteres especiais como “[email protected]#$%”, além de utilizar números, letras maiúsculas e minúsculas, e não repita senhas já usadas.
• Se o aplicativo ou rede social têm a opção de verificação de segurança em dois fatores, escolha esta opção. WhatsApp, Instagram e Facebook são exemplos de plataformas que oferecem a autenticação em duas etapas.
• Utilize apenas softwares que o download foi feito direto no site do fabricante, isso irá garantir que não tenha nenhum tipo de vírus embutido.
• Mantenha sempre seu antivírus atualizado, isso ajudará a manter seu computador seguro.
• Fique atendo a anexos e e-mails falsos. Os e-mails poderão te levar a algum site falso, que normalmente servem para roubar suas informações.
• “Ninguém dá nada de graça a ninguém”, não é mesmo? Então não acredite em super promoções que existem na internet. Por exemplo, uma mensagem como “você acabou de ganhar 1 milhão de reais, basta clicar aqui” provavelmente irá te direcionar algum site falso, que servirá para roubar suas informações.