continuação do texto anterior

Jesus foi o primeiro do Ocidente a dizer que “o reino de Deus está dentro de nós”. Isto não está no antigo Testamento. Ninguém nunca havia ouvido falar que o Reino de Deus estava dentro de si. Essa foi uma tradução muito inteligente para dizer que você é o Deus. “o Reino de Deus está dentro de você” é uma forma de dizer que olhar para fora não é o caminho daquele que procura, é preciso voltar-se para dentro.
Isso criou uma grande confusão. Os judeus percebiam que Ele estava usando palavras de sua tradição, mas, ao mesmo tempo, dava a elas significados novos e estranhos.
O deus Judaico diz: “Sou um Deus ciumento, um Deus muito zangado e não irei perdoá-lo se você cometer qualquer tipo de pecado”. O que foi provado pela expulsão de Adão e Eva do paraíso, por terem cometido o pecado de comer o fruto da árvore da sabedoria.
Infelizmente não foram suficientemente rápidos para comer da outra árvore também. Foram pegos em flagrante na primeira árvore, o que é a única parte triste dessa história.
Algumas vezes, se você não tem preconceitos, pode ver coisas que as mentes preconceituosas são completamente incapazes de perceber. Eva foi persuadida pelo diabo a comer a fruta da árvore da sabedoria. É claro que Eva estava com medo, pois Deus a havia proibido de fazer isso, mas o raciocínio que convenceu Eva é interessante. O diabo disse: “você não entende o porquê. Ele proibiu você de vivenciar as duas experiências mais significativas – de ter sabedoria e de se tornar imortal – porque Ele é muito ciumento. Se você também se tornar iluminada e também for imortal, você própria irá se tornar um Deus. É disto que Ele tem ciúmes. Ele quer permanecer sendo o único Deus e não quer ninguém mais ocupando essa posição”.
Devo lembrá-los que as palavras “diabo” e “divino” vem, ambas da mesma raiz em sânscrito. As duas significam a mesma coisa. Talvez o diabo seja o primeiro grande revolucionário. Seu próprio crime foi ter se revoltado contra Deus. Antes ele era um anjo, mas, como tinha uma mente revolucionária, foi expulso da companhia de Deus, condenado como representando o mal. Mas a forma como persuadiu Eva faz com que eu tenho grande respeito a ele. Ele nos ensina o que todas as pessoas iluminadas do mundo têm ensinado: que você também pode tornar-se um deus. Você é essencialmente um deus, apenas se esqueceu disso. Talvez você esteja adormecido e não saiba quem é. Você só precisa acordar, é tudo.