O deputado Ademar Traiano (PSDB) foi reeleito hoje (10) presidente da Assembleia Legislativa do Paraná.  A chapa encabeçada pelo deputado, denominada Parlamento Forte, foi eleita com 48 votos a favor, 6 abstenções e nenhum voto contra. Esta é a quarta eleição consecutiva de Traiano como presidente da Assembleia. O deputado conduziu o Parlamento em gestões reconhecidas como inovadoras e que colocaram a Assembleia paranaense em uma posição de destaque no cenário nacional.

Para Traiano, a reeleição é resultado das inovações realizadas pelo Poder Legislativo e “fruto da unidade e construção de todo um grupo que trabalha pelo bem do Paraná. Estamos fazendo com que a Assembleia Legislativa seja uma das mais importantes da Federação com medidas que podem avaliar nosso trabalho e fortalecer cada parlamentar que aqui está. E esse continua sendo nosso objetivo e dar uma nova identidade para que a população possa passar a enxergar o Poder Legislativo com mais respeito”.

O presidente destacou ainda diversas medidas que foram adotadas pela Assembleia Legislativa e contribuíram para o desenvolvimento do Estado. “Prevalece nesse momento as medidas que a Mesa vem implementando ao longo desse período de pandemia e a experiência que adquirimos ao longo de todo o período que aqui na Assembleia estamos, principalmente, como presidente da Casa a gente pode oferecer muito ao Paraná e a segurança de todas as medidas administrativas e àquelas que são de interesse do Estado”, declarou. “A condução do processo legislativo, apesar de sermos um órgão independe, é fundamental para que se dê celeridade para ações. Esse é o grande objetivo da nossa permanência na Casa. E é assim que pautamos nossa trajetória e vida política”, completou.

Durante entrevista coletiva concedida antes da eleição, Traiano enfatizou a experiência adquirida ao longo dos últimos anos que esteve à frente da Assembleia, e destacou a importância das medidas de apoio ao Executivo no combate a pandemia do coronavírus. Entre elas a aprovação de leis visando minorar o sofrimento da população e até mesmo o repasse de recursos do orçamento do Legislativo para bancar leitos de UTIs e compra de vacinas. O deputado recordou que durante o período que comandou a Assembleia, o Parlamento enfrentou inúmeras turbulências, incluindo essa, provocada pela pandemia. A posse da Mesa eleita hoje será em 2 de fevereiro de 2021.

A nova Mesa

A nova Mesa Diretora da Assembleia, eleita nesta segunda-feira, tem a seguinte composição:  presidente: deputado Ademar Luiz Traiano (PSDB), 1º vice-presidente: deputado Tercílio Turini (CDN),  2º vice-presidente: deputado Do Carmo (PSL),  3º vice-presidente: deputado Requião Filho (MDB),  1º secretário: deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), 2º secretário: deputado Gilson de Souza (PSC), 3º secretário: deputado Alexandre Amaro (Republicanos), 4º secretário: deputado Nelson Luersen (PDT), e  5º secretário: deputado Gilberto Ribeiro (PP).

Liderança e vitórias

Ademar Traiano, reeleito hoje, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, tem 38 anos de vida pública e uma trajetória marcada pela capacidade articulação e liderança. 

O deputado já ocupou alguns dos cargos mais importantes do Estado do Paraná. Além de presidente da Assembleia Legislativa, foi governador interino por 3 vezes. Traiano, que cumpre o oitavo mandato como deputado estadual, foi o primeiro homem do Sudoeste a ocupar o governo do Estado.

Traiano é advogado e empresário, iniciou na vida pública como vereador em Santo Antônio do Sudoeste, em 1982. Já no primeiro mandato de vereador foi eleito presidente da Câmara Municipal de Santo Antonio do Sudoeste.

Em 1985 foi o primeiro prefeito eleito de Santo Antônio do Sudoeste (até aquele ano municípios de fronteira, considerados “área de segurança nacional” tinham o prefeito nomeado por Brasília). Como prefeito, foi eleito presidente da AMSOP (Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná). Em 1990 conquistou uma cadeira na Assembleia Legislativa. No primeiro mandato como deputado estadual foi eleito para a Mesa Diretora, como 2º secretário. Foi líder do governo (2011-2014) e eleito presidente da Assembleia Legislativa pela primeira vez, em 2015, cargo que ocupará até 2022.

Deputado municipalista, Traiano recebeu o reconhecimento pelo trabalho em defesa dos municípios. Recebeu homenagens e títulos de Cidadão Honorário em 10 cidades: Santa Izabel do Oeste, Santo Antônio do Sudoeste, Francisco Beltrão, Pinhal de São Bento, Santa Terezinha de Itaipu, Bela Vista da Caroba, Marmeleiro, Pranchita, Bom Jesus do Sul e Coronel Vivida.

Cumprindo o terceiro mandato como presidente da Assembleia, Traiano conduz uma gestão inovadora, com ênfase na transparência e abertura das portas do Legislativo à população. Programas desenvolvidos pela Assembleia nesse período, como o Parlamento Universitário, Geração Atitude e Assembleia no Enem, foram premiados. O aplicativo, desenvolvido sem custos pela equipe da Alep, “Agora É Lei no Paraná”, foi o vencedor de dois prêmios nacionais na categoria governança eletrônica.