Este trabalho vem sendo desenvolvido há alguns anos, com a atuação de diversas entidades e organições civis e oficiais, igrejas e a Prefeitura de Curitiba, através da regional Bairro Novo.

Além da remoção de muitas famílias que vivem em situação de risco na beira do Ribeirão dos Padilha, para outros locais, o projeto de intervenção da Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab) leva estes para novas casas no Moradias Jandaia, situado nas proximidades da ocupação. As famílias que permanecem na área vivem uma nova realidade com a chegada de diversas obras de urbanização.

Além da implantação de galerias de águas pluviais ruas foram asfaltadas e os locais de risco que eram ocupados, reurbanizadas. Segudo informação oficial, foram investidos na obra R$ 373 mil, recursos do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (FMHIS). 

“Esta comunidade sofreu durante muitos anos com as enchentes. As obras de urbanização garantem segurança e um maior bem-estar para estas mil famílias. Realizando esta transformação estamos elevando a autoestima dos cidadãos ao possibilitar melhores condições de vida”, afirma o presidente da Cohab, Ibson Campos.

 

Nova realidade – A doméstica Lúcia Helena dos Santos, 51 anos, mora há 16 na vila 23 de Agosto. Ela está totalmente satisfeita com a nova realidade do local onde vive. No passado penou com a falta de infraestrutura e hoje relembra com bom humor os dias de sofrimento. “Era muito difícil. Para ir trabalhar precisava levar um par de calçados extra na bolsa, pois não podia chegar com os pés cheios de lama na casa da patroa”, conta.

A filha dela, Daiane Cristina dos Santos, 29, explicou outra dificuldade que era enfrentada pelos moradores. “Quando chegamos aqui mal tinha coleta de lixo. Como as ruas eram muito estreitas e esburacadas, em alguns lugares o caminhão não chegava. Hoje com as ruas todas asfaltadas tem coleta três vezes por semana, inclusive a de materiais recicláveis”, destaca.

Ela completa dizendo que está cada vez melhor morar na região. “Nós adoramos morar aqui e está cada vez melhor. Temos tudo o que precisamos por perto, unidade de saúde, creche, armazém da família, comércio, ponto de ônibus, agora as ruas asfaltadas.