Em julho, o Sesi Cultura promove quatro ações diferenciadas com produções que valorizam obras contemporâneas, a autoria feminina e o público infantil

 

Cineclubes do mundo inteiro, há mais de cem anos, promovem a difusão de importantes obras cinematográficas. Eles permitem o aprendizado e a reflexão da arte, sobretudo, para quem não tem acesso às grandes salas de cinema, seja pelo preço, localização ou outros fatores. Desse conceito surge o “cineclubismo”, um movimento pelo direito à cultura e uma ação comunitária de democratização. Curitiba embarca nessa ação com opções variadas para o público. O Sesi Cultura Paraná, por exemplo, possui programação durante todo o mês em suas quatro unidades com temáticas diferenciadas e entrada franca.

O projeto Cineclube Sesi, desde 2014, vem fomentando a exibição de produções cinematográficas nacionais e internacionais em seus equipamentos. Em Curitiba e Região, o Sesi Cultura aposta em vastas programações. Em suas unidades de São José dos Pinhais e Teatro Sesi Portão, as ações contam com a curadoria de Luiz Gustavo Vilela. No Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, onde acontece o Cineclube Solax, a curadoria é de Débora Zanatta e Camila Macedo e no Centro Cultural Sistema Fiep – Unidade Dr. Celso Charuri a curadoria é de Zé Fernando Costa.

O projeto da Casa Heitor tem um diferencial potente que tem chamado a atenção do público. Ele é voltado à exibição de filmes dirigidos por mulheres. Este mês, as cineastas asiáticas escolhidas foram Naomi Kawase e So Yong Kim. Naomi Kawase atua no cinema desde a década de 80. Sua filmografia é especialmente centrada nas questões autobiográficas e de hibridização entre o documental e o ficcional, com temas que abordam os espaços íntimos, domésticos e familiares, propondo uma perspectiva universal a partir do pessoal.

Já So Yong Kim, nascida na Coréia do Sul, é responsável por quatro longas-metragens realizados em seu país de origem, nos Estados Unidos e Canadá. Seu filme de estreia, In Between Days (2006), foi vencedor do Prêmio Especial do Júri, no Festival de Sundance. A diretora também é responsável pela direção de séries televisivas como Transparent e American Crime.

No Sesi Portão, espaço que tem se tornado conhecido pela proximidade com o público infantil, a programação será tomada pelo tema “O mundo da fantasia”, com destaque para O Mágico de Oz, Mary Poppins, A Princesa Prometida, O Jardim Secreto e a Princesinha.

Em São José dos Pinhais, para este ano, o Sesi investe em uma mudança de estilo na curadoria. São escolhas focadas na produção contemporânea que encontra pouca vazão nas grandes salas. Neste mês, o espaço recebe os filmes de David Lynch. O diretor  não possui pares no cinema americano. Abraçando e expandindo o surrealismo de Buñuel e Dali, esse diretor criou algumas das mais insanas e marcantes imagens já vistas nos últimos anos.

No Centro Cultural Sistema Fiep, na unidade Dr. Celso Charuri, surge o Cineclube Soberano, que pretende ser um espaço de exibição de filmes esquecidos, além de propor olhares distintos para obras já populares. Trata-se de uma iniciativa aberta a todos, gratuita e de caráter educativo, que será organizada em encontros regulares que ocorrerão uma vez por semana, sempre no mesmo dia. O cineasta de destaque para julho também é o britânico David Lean.

A proposta para o Cineclube Sesi 2019 de uma forma geral é a de privilegiar filmografias contemporâneas autorais de todo o mundo, tendo em vista que esses diretores, homens e mulheres de diferentes etnias, origens e visões de mundo, têm ajudado a iluminar o caminho para compreender o mundo.

“Ainda que alguns desses filmes cheguem ao circuito comercial ou de cineclubes impulsionados pelas premiações ou pelos festivais internacionais, raramente fica claro para o público que se trata de parte de uma obra coesa, de cineastas com propostas artísticas sólidas, já que os outros títulos desses profissionais não receberam a mesma atenção”, comenta Vilela.

Gratuitos e abertos ao público, os encontros possuem uma dinâmica semanal que, além da exibição do longa-metragem, proporciona um debate sobre as obras em conversa com as cineclubistas.

Confira a Programação de Julho:

Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França

Naomi Kawase

10 de julho e 17 de julho | 16 anos | às 18h30

 

Amplamente premiada, a diretora japonesa Naomi Kawase, atua no cinema desde a década de 1980. Sua filmografia é especialmente centrada nas questões autobiográficas e de hibridização entre o documental e o ficcional, com temas que abordam os espaços íntimos, domésticos e familiares, propondo uma perspectiva universal a partir do pessoal.

 

So Yong Kim

24 de julho e 31 de julho | 16 anos | às 18h30

 

            Nascida na Coréia do Sul, So Yong kim é responsável por quatro longas-metragens, realizados em seu país de origem, nos Estados Unidos e Canadá. Seu filme de estreia, In Between Days (2006), foi vencedor do Prêmio Especial do Júri, no Festival de Sundance. A diretora também é responsável pela direção de séries televisivas como Transparent American Crime.

Data: de 10 de julho a 31 de julho

Horário: 18h30

Duração: 2h
Valor: gratuito
Classificação: 16 anos
Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França
Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro
Observação: espaço sujeito a lotação (ingressos disponíveis 1 hora antes da ação)

 

Cineclube SESI São José dos Pinhais

 

O Homem Elefante (The Elephant Man, 1980, 124 min)

            Um cirurgião da Inglaterra Vitoriana resgata um homem que é exibido em um show de horrores graças a sua deformidade. Por trás do rosto monstruoso está uma pessoa com muita inteligência e sensibilidade.

Data: 2 de julho
Hora: 19h
Duração: 124 min
Classificação: 10 anos
Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação

Veludo Azul (Blue Velvet, 1986, 120 min)

Um casal de jovens vizinhos se vê em uma misteriosa investigação quando um deles encontra uma orelha cortada. Em seu caminho está uma cantora de cabaré e um grupo de psicopatas que sequestrou uma criança.

Data: 9 de julho
Hora: 19h
Duração: 120 min
Classificação: 16 anos
Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação

 

Coração Selvagem (Wild at Heart, 1990, 129 min)

Sailor e Lula se amam, mas a família dela não aceita a relação. Na fuga, uma torrente de caos, violência e sexo explodem.

Data: 16 de julho
Hora: 19h
Duração: 125 min
Classificação: 16 anos
Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação

 

Estrada Perdida (Lost Highway, 1997, 93 min)

Depois de um encontro bizarro em uma festa um saxofonista de jazz é acusado pelo assassinato de sua mulher e mandado para a cadeia. Lá ele se transforma em um jovem mecânico e começa a viver uma nova vida.

Data: 23 de julho
Hora: 19h
Duração: 93 min
Classificação: 12 anos
Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação

Uma História Real (The Straight Story, 1999, 112 min)

 

Um velho descobre que seu irmão, com quem brigou anos atrás, está morrendo. Sua única alternativa para conciliação está em pegar um cortador de grama e nele atravessar os EUA.

Data: 30 de julho
Hora: 19h
Duração: 112 min
Classificação: livre
Valor: gratuito

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: espaço sujeito a lotação

 

Cineclube Sesi Portão

Com curadoria de Luiz Gustavo Vilela, a programação do Cineclube Sesi no Teatro Sesi Portão traz, durante o mês de março, sessões com filmes do diretor Paul King e do cineasta David Lowery.  Todos os três filmes exibidos são obras voltadas ao público infantil.

 

O Mágico de Oz

O filme de estreia é  “O Mágico de Oz”. Dorothy e seu cachorro Totó são levados para a terra mágica de Oz quando um ciclone passa pela fazenda de seus avós no Kansas. Eles viajam em direção à Cidade Esmeralda para encontrar o Mago Oz e, no caminho, se deparam com o Espantalho que precisa de um cérebro; o Homem de Lata sem um coração e o Leão covarde que quer coragem. O Mago pede ao grupo que tragam a vassoura da Bruxa Malvada do Oeste a fim de ganharem sua juda.

Datas: 3 de julho
Horário: 19h
Duração: 102 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

Mary Poppins

Na Londres de 1910, um banqueiro rígido e severo com os filhos escreve um anúncio no jornal em busca de uma governanta. Em um passe de mágica, Marry Poppins aparece em seu guarda-chuva voador para ajudar a família Banks a encontrar neles mesmos o que realmente importa.

Datas: 10 de julho
Horário: 19h
Duração: 139 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

A Princesa Prometida

No filme “A Princesa Prometida”, um menino, Westley, vira pirata para salvar sua amada, Buttercup, das garras de um príncipe terrível. Para se reencontrar, o casal deve lutar contra os demônios de um reino místico. Uma aventura de conto de fadas sobre uma linda jovem e seu amor verdadeiro.

Datas: 17 de julho
Horário: 19h
Duração: 98 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

O Jardim Secreto

O filme “Jardim Secreto” é uma adaptação do clássico conto de fadas homônimo de Frances Hodgson Burnett. A obra conta a história da orfã Mary Lennox, enviada para viver com seu tio em sua mansão. Um lugar cheio de segredos e mistério. Mary descobre que tem um primo doente que ela desconhecia e que existe no local um jardim abandonado, que a jovem insiste em  trazer de volta à vida.

Datas: 24 de julho
Horário: 19h
Duração: 101 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

A Princesinha

         O filme “A Princesinha” conta a história de Sara Crewe, uma menina que é obrigada a viver em um internato em Nova York quando seu pai é convocado para a guerra. Enquanto tenta se adaptar às regras do local, ela faz amizades e inimizades, encontrando em sua imaginação a liberdade para mudar o mundo ao seu redor.

Datas: 31 de julho
Horário: 19h
Duração: 97 minutos
Classificação: livre
Valor: gratuito
Local: Teatro Sesi Portão
Endereço: Rua Padre Leonardo Nunes, 180 – Portão
Observação: retirar ingresso com 1 hora de antecedência (sujeito a lotação)

Centro Cultural Sistema Fiep

 

Desencanto

            Ao encontrar um estranho numa estação de trem, uma mulher é tentada a trair seu marido.

Data: 2 de julho

Horário: 19h

Duração: 86 min

Classificação: 14 anos

Valor: gratuito
Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri
Endereço: Rua Paula Gomes, 270

Lawrence of Arabia

 

Graças ao seu conhecimento dos beduínos, o oficial britânico T.E. Lawrence é enviado à Arábia para encontrar o príncipe Faisal e servir de ligação entre árabes e ingleses na luta contra os turcos. Com a ajuda do nativo xerife Ali, Lawrence se rebela contra às ordens de seus superiores e enfrenta uma jornada através do deserto para atacar um porto turco bem protegido.

Data: 9 de julho

Horário: 19h

Duração: 216 min

Classificação: 14 anos

Valor: gratuito
Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri
Endereço: Rua Paula Gomes, 270

A filha de Ryan

 

Uma jovem presa a um casamento sem amor com um homem mais velho, tem um caso com um oficial britânico traumatizado pela guerra, causando enorme comoção num vilarejo irlandês.

Data: 16 de julho

Horário: 19h

Duração: 226 min

Classificação: 16 anos

Valor: gratuito
Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri
Endereço: Rua Paula Gomes, 270

Passagem para a Índia

Desconfianças e falsas acusações perturbam as boas relações entre um médico indiano e uma mulher inglesa noiva de um magistrado do Império Britânico na Índia Colonial.

Data: 23 de julho

Horário: 19h

Duração: 164 min

Classificação: livre

Valor: gratuito
Local: Centro Cultural Sistema Fiep (Black Box) – Unidade Dr.Celso Charuri
Endereço: Rua Paula Gomes, 270

 

 

Mais informações:

www.sesipr.org.br/cultura

www.facebook.com/sesiculturapr

SESI CULTURA – Foi em 2008 que a Regional Paraná do Serviço Social da Indústria inaugurou uma área especificamente dedicada ao desenvolvimento de ações culturais ancoradas nas diretrizes previstas na Declaração Universal dos Direitos do Homem, como a diversidade, a pluralidade e a autonomia. Desde então, o Sesi Cultura Paraná tem promovido o acesso à cultura com foco em programas de formação artística e cultural, investindo em processos criativos, formação de plateia para todas as linguagens e na formação e desenvolvimento cultural com vocação local. O Circuito Cultural Sesi, o Festival Sesi Música, os Núcleos Criativos do Sesi, o Zoom Cultural, os Programas Sesi Música, Sesi Arte, Sesi Audiovisual e Sesi Artes Cênicas são exemplos de programas desenvolvidos pela Gestão Cultural do Sesi. De 2008 até 2017, mais de um milhão de espectadores tiveram acesso à cultura por meio de cerca de 8,4 mil ações culturais realizados pelo Sesi Paraná. Todas essas ações sempre tiveram como objetivo o acesso ao bem cultural para o trabalhador da indústria, seus dependentes e para a comunidade de um forma geral, além da difusão da arte em todas as suas manifestações, valorizando a diversidade e a pluralidade do povo brasileiro.