Tramita na Câmara Municipal de Curitiba um projeto que estabelece que seja incluso o conteúdo de prevenção e combate ao uso de drogas psicoativas lícitas e ilícitas na grade curricular das escolas da rede municipal de ensino. 

De acordo com o projeto, a inclusão do conteúdo será destinada a estudantes do ensino fundamental a partir do 5° ano. O assunto deverá ser contemplado nos planos de ensino das disciplinas de Ciências e Educação Física.

Conteúdo – A orientação aos alunos objetivará a conscientização, alertando sobre diversos aspectos, entre eles farmacológicos, psicológicos, antropológicos e epidemiológicos das substâncias psicoativas. Os estudantes também deverão ter a informação dos efeitos e consequências físicas, psicológicas, familiares e sociais do envolvimento com as drogas.