A praça Zumbi dos Palmares, na rua Elói Orestes Zeglin, no Pinherinho, está mais clara e segura para a população. Atendendo à solicitação dos moradores, a Prefeitura implantou no local, ponto de encontro dos moradores, um novo sistema de iluminação nas pistas de caminhada.
Foram instalados 24 postes, com 5 metros, com luminárias na tecnologia LED que garantem maior eficiência luminotécnica e energética, além de economia de energia e financeira.
O novo sistema oferece ainda menor necessidade de manutenção, já que elas possuem maior durabilidade. O estacionamento da praça também está com nova iluminação. Na entrada foram instalados 3 postes, de 8 metros, com luminárias em LED e nova rede subterrânea de energia. O investimento para deixar a praça iluminada, segura e bonita para os moradores foi de R$ 45 mil.
“Áreas próximas a praças e parques com atividades esportivas noturnas e as escolas municipais e estaduais, especialmente nos bairros, estão entre as prioridades do Plano de Iluminação Pública de Curitiba”, diz o diretor do Departamento de Iluminação Pública, Tony Malheiros

60 mil lâmpadas
A colocação de novas luminárias de LED está em andamento em espaços das dez regionais da cidade. Até 2020, a previsão é de que sejam substituídas cerca de 60 mil lâmpadas.
O reforço na iluminação do espaço, uma homenagem da cidade aos povos da África, está entre as melhorias promovidas pela Prefeitura no local, neste semestre. A quadra passou por lavagem, recebeu pintura das traves e tabelas e substituição da graa sintética.
Os prédios da sala de ginástica, dos banheiros e da administração receberam nova pintura, além da manutenção dos equipamentos da academia ao ar livre e de alongamento.
De acordo com o administrador regional do Pinheirinho, Reinaldo Boaron, a revitalização do Centro de Esporte e Lazer da Praça Zumbi dos Palmares tem como objetivo incentivar aos cidadãos à prática de exercícios físicos.
“Além de deixar o bairro mais bonito e valorizar a região, a implantação dos equipamentos proporciona melhores condições sanitárias e de segurança aos moradores”.